Corumbá publicará edital do FIC Pantanal no segundo semestre deste ano

A Fundação de Cultura de Corumbá está preparando edital para concretizar ainda este ano o FIC Pantanal (Fundo de Investimento Culturais do Pantanal) em Corumbá. Na última reunião do Conselho Municipal de Cultura, realizada na quinta-feira, 25 de junho, o texto foi avaliado pelos conselheiros.

 

De acordo com a vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, Márcia Rolon, o texto está alinhado com aquilo que vem se desenvolvendo na área cultural em níveis nacional e estadual, bem como o que foi postulado no Plano Municipal de Cultura.

 

“Assim colocaremos mais um instrumento funcionando em prol do nosso Sistema Cultural. Efetivamos o Plano Municipal, temos um Conselho também atuante e, agora, vem o FIC, que era um grande desejo da classe cultural. Estamos estruturando a nossa Cultura sempre de forma a dialogar com o que acontece no país e no Estado, porém sem esquecer as nossas particularidades”, disse.

 

Ao total, o FIC Pantanal ofertará R$ 40 mil, com a premiação de 8 microprojetos no valor de R$ 5 mil cada. A concorrência será aberta nesta primeira edição, exclusivamente, para projetos cujos proponentes sejam pessoas físicas.

 

Márcia adiantou que o período de inscrições será extenso, cerca de 30 dias, pois a Fundação de Cultura prevê tão logo seja lançado o edital realizar oficina que ajude os interessados na produção dos projetos.

 

“Nossa intenção é logo na primeira semana já realizar a primeira oficina. E, conforme demanda, podemos fazer outras nos dias seguintes”, comentou a gestora ao afirmar que a primeira edição do FIC Pantanal traz novo gás para a classe cultural do município.

 

“Inicialmente, os valores não são grandes, mas também serve para desenvolver ações pontuais em setores culturais diferentes, será interessante verificarmos projetos que descentralizem as ações, atingindo novos públicos”, disse Márcia ao explicar que os projetos contemplados deverão ser executados até final deste ano.

 

O presidente do Conselho de Cultura de Corumbá, Arturo Ardaya, avaliou como grande conquista a implementação do FIC municipal de forma a fortalecer todo o movimento que vem se desenvolvendo em torno da cultura local. Ele aproveitou para deixar um recado aos artistas e produtores culturais corumbaenses.

 

“A gente sabe de muitas pessoas que têm boas ideias, mas ainda não a passaram para o papel em forma de projeto, sendo assim, com o anúncio da chegada do Fundo, pedimos a todos que já comecem a traçar suas propostas para que possam lapidá-las nas oficinas que a Fundação oferecerá e, por conseguinte, concorrer nesse edital que vai ser histórico para a nossa cultura por ser o primeiro”, observou.

 

A previsão de publicação do edital FIC Pantanal é para meados do próximo mês. O texto será levado ao conhecimento do público pelo Diário Oficial de Corumbá, cujas edições podem ser conferidas no site da Prefeitura Municipal de Corumbá (www.corumba.ms.gov.br).