Corumbá celebra Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Solenidade na manhã desta quarta-feira, 10, marcou as celebrações alusivas ao Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. O evento foi uma realização conjunta da Prefeitura com o Consulado de Portugal, e teve como palco a sede da Sociedade Portuguesa de Beneficência 1º de Dezembro, localizada na Rua Antônio João, e presidida por José Francisco de Almeida.

 

A celebração contou com as presenças de autoridades corumbaenses, entre elas a vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, Márcia Rolon, que representou o prefeito Paulo Duarte, e foi recebida pelo cônsul honorário de Portugal em Corumbá, Alfredo Fernandes.

 

O evento foi realizado como forma de valorizar o povo português e seus descendentes, que tanto contribuíram com o desenvolvimento e com a riqueza da cultura brasileira. Na oportunidade, Alfredo Fernandes lembrou que as celebrações desta data lembram a morte de Luís Vaz de Camões, em 1580. É também um dia dedicado ao Santo Anjo da Guarda de Portugal, protetor daquele país.

 

“Esta data é relembrada e comemorada com um feriado nacional, pois Luís de Camões representava o gênio da pátria portuguesa na sua dimensão mais esplendorosa. Por isso os republicanos de Lisboa tentaram invocar a glória das comemorações camonianas desde 1880, em um das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia”, contou Alfredo Fernandes.

 

Márcia Rolon, durante o evento, lembrou a sua infância, época em que brincava na casa que, hoje, é sede da Sociedade Portuguesa. “Estar aqui me trouxe um sentimento muito bom”, comentou, para em seguida destacar Luís de Camões como sendo “uma grande referência para a gente, que nos deixou escrito grandes relíquias como ‘O Lusíadas’, que fala de toda a dificuldade que os portugueses tiveram para chegar ao Brasil, onde eles nos deixaram a sua maior riqueza, a cultura. A Prefeitura está sempre de portas abertas para a comunidade portuguesa”.