Campeonatos mostram que Corumbá é o principal destino de esporte de aventura em MS

“Pantanal não tem igual. O Rio Paraguai é perfeito”. Essa declaração de Marcelo Rebuá, presidente da Associação Pantaneira de Stand Up Paddle (SUP) resumiu a sensação dos atletas que participaram na tarde deste sábado, 06 de junho, da 2ª etapa do Campeonato Estadual de Stand Up Paddle e da 3ª etapa do Campeonato Estadual de Canoagem.

 

Há quase 15 anos sem visitar Corumbá, Aline Vivancos retornou em grande estilo ao encarar com apenas três meses de prática do SUP uma competição. Ela contou que a amplidão do rio Paraguai confere uma contemplação muito grande aos atletas, além de alguns obstáculos a mais, tais como o vento.

 

“Não fiquei numa boa colocação, mas assim mesmo valeu a pena. Já falei com meu marido para voltarmos outra vez, mas que seja só para curtir esse visual, sem a adrenalina da competição”, disse Aline.

 

O campeão da Canoagem na categoria 4,5, Rafael Giroto, também afirmou que é competir em Corumbá é especial. O atleta que já disputou provas em outras cidades do Estado avalia que Corumbá é ideal para a prática do esporte.

 

“A gente está dentro do Pantanal em Corumbá, esse contato aqui é maior. Em outros lugares, competimos em rios que passam dentro da cidade, tem suas belezas, é claro, mas aqui é completamente diferente. Só de vir para cá é um espetáculo à parte, a galera já anima mais”, avaliou sem esquecer que o rio Paraguai com suas ondulações, vento e demais elementos fazem de qualquer prova realizada um grande desafio.

 

Sabendo dessas características foi que a Prefeitura Municipal de Corumbá passou a incentivar eventos do esporte de aventura na cidade. Como explicou o prefeito Paulo Duarte, que também competiu com o SUP, Corumbá precisava ser descoberta pelos atletas.

 

“O Rio Paraguai é o quintal da nossa casa, o que torna um privilégio a gente participar desse evento e divulga Corumbá como um destino do turismo do esporte de aventura. Esse evento ajuda a fortalecer o esporte no Estado e aqui na cidade também onde já temos dezenas de pessoas praticando o SUP nos finais de semana”, lembrou.

 

Duarte afirmou ainda aquilo que vem sendo uma das bandeiras de sua gestão e como isso agrega valores positivos para a cidade que já se tornou palco do maior evento de esportes de aventura do Estado, o Pantanal Extremo, que acontece anualmente no mês de novembro.

 

“Além da prática ao esporte, uma coisa que temos incentivado bastante aqui em Corumbá, são atividades praticadas diretamente em contato com a natureza, respeitando-a antes de tudo. Além disso, mostra Corumbá de forma positiva para o Estado e para o país”, disse o prefeito que ficou em terceira colocação na categoria Race Masculino SUP.

 

Incentivo


Campeão nesta categoria, o presidente da Associação Pantaneira de Stand Up Paddle, Marcelo Rebuá, lembrou o importante estímulo que o Pantanal Extremo proporcionou para o SUP no Estado.

 

“A gente está aqui graças ao Pantanal Extremo porque o pessoal incentivou a gente a montar a associação e começamos a fazer as competições. Aqui é um Mini Extremo. Quem veio aqui participar já nos cobrou mais etapas para ano que vem”, comentou.

 

Depois de Corumbá, o Campeonato Estadual de SUP segue para a cidade de Piraputanga, e fechando as disputas, foi escolhida a cidade de Aquidauana, onde teve início a competição.

 

Ambos os campeonatos contaram com apoio da Prefeitura Municipal de Corumbá, e estiveram inclusos na programação do aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, evento preparado pela Marinha do Brasil, por meio do 6º Distrito Naval.

 

As competições foram realizações da Associação Pantaneira de Stand Up Paddle (APSUP), Stand Up Pantanal Corumbá, Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul e Clube de Canoagem Aquidauana.