Prefeitura incentiva esportes de raciocínio rápido e de habilidades na Reme

Xadrez e tênis de mesa, modalidades esportivas que exigem raciocínio rápido e agilidade, começam a fazer parte da vida dos pequenos estudantes da Rede Municipal de Ensino. Projeto desencadeado pela Prefeitura, por meio da Fundação de Esportes de Corumbá, em parceria com as Secretaria de Educação, movimentou a Escola Municipal, Clio Proença no último sábado, 23, que viveu uma manhã de sábado bastante agitada, reunindo alunos desse estabelecimento de ensino e também do Cássio Leite de Barros, Almirante Tamandaré e Ângela Maria Peres.

 

Foi o primeiro Grand Slan de Xadrez e de Tênis de Mesa, um projeto desenvolvido pelo Município, como forma de massificar a prática destas duas modalidades junto aos alunos da Reme, na busca de novos valores. O programa será itinerante e vai atender todas as unidades de ensino municipais.

 

O prefeito Paulo Duarte participou do lançamento do projeto e avaliou como positivo. “Tanto o xadrez quanto o tênis de mesa, são modalidades esportivas que exigem raciocínio rápido de quem pratica. Além de possibilitar descobrimento de novos valores, este projeto vai ser importante também para o aprendizado dos próprios alunos, já que precisam ter agilidade no raciocínio e estratégia na hora das jogadas”, destacou.

 

Além da prática desses dois esportes influir diretamente no aprendizado das crianças, e também o fato de ajudar na descoberta de novos valores, o prefeito lembrou que, com a realização dos dois projetos, a Prefeitura está estimulando a ocupação das escolas por parte dos alunos e das comunidades nos finais de semana. “Muitos não tem opções aos sábados e domingos. Estes projetos estão abrindo as escolas e os alunos, os pais, enfim, todos podem vir para cá, para as escolas, e passar momentos agradáveis, praticando esporte”, enalteceu.

 

O xadrez reuniu 60 alunos que, em uma sala do Clio Proença. É uma prática já comum na escola que tem um projeto dessa modalidade esportiva em andamento, como explicou o pequeno Paulo César Guimarães da Silva, de 14 anos, praticante desde 2014. “É muito bom. Eu gosto. Ajuda a desenvolver o raciocínio e também nas aulas”, disse.

 

Já o tênis de mesa reuniu 30 alunos e teve como palco a quadra de esportes coberta da escola. Segundo o diretor-presidente da Funec, Elvécio Zequeto, é uma modalidade pouco praticada entre os alunos, mas que deve ganhar força daqui para frente. “Muitos não sabem jogar e estão iniciando. Outros já praticam há algum tempo. Este projeto vai ser bom para revelarmos novos atletas e trabalhar com eles para que representem nossa cidade em competições a nível de Município, Estado e até mesmo Nacional”, observou.

 

O prefeito Paulo Duarte, que estava acompanhado também da secretária de Educação Roseane Limoeiro, aceitou desafio das crianças e participou de uma rápida partida. Gostou do que viu: “as crianças estão pegando jeito e já se destacam. Vamos levar isto para as outras regiões da cidade e atender todas as escolas da Reme”, anunciou.