Festa em devoção à Santa Cruz será incluída no calendário de eventos

Uma tradição mantida há 145 anos, a Festa de Santa Cruz, será inserida no calendário de eventos culturais de Corumbá. Foi o que afirmou no último sábado, 09, o prefeito Paulo Duarte, que prestigiou mais uma realização desse evento ocorrido no Parque de Exposição Belmiro Maciel de Barros.

 

A festa é realizada pela família Arruda e foi iniciada 145 anos atrás com Maurício Alves de Arruda, e é mantida até os dias atuais pelos seus descendentes. No sábado, mais de cinco mil pessoas prestigiaram o evento que começou com uma missa no parque de Exposição.

 

De acordo com Luiz Alves de Arruda, organizador, tudo começou com Maurício Alves de Arruda que, ao desbravar o Morro de Santa Cruz, encontrou uma cruz e ali depositou sua fé.

 

“Quando Maurício subiu para desbravar o Morro de Santa Cruz, notou sinais de que outras pessoas já haviam passado por ali antes, provavelmente na época da Guerra do Paraguai. Lá em cima ele também encontrou uma cruz que, para muitos, era um sinal de morte. Mas, o Maurício não pensou assim. Para ele era um sinal de vida, de união, da presença de Jesus. Foi então que ele deu o nome àquele lugar de Morro de Santa Cruz”, explicou.

 

O prefeito Paulo Duarte e a primeira dama Maria Clara Scardini, diretora-presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico (Fuphan) participaram da programação que iniciou com uma missa campal para celebrar a união da família, seguido de um churrasco. Desta vez, foram 2.500 quilos de carnes que são doadas por empresários e simpatizantes da festa.

 

No evento, Duarte destacou a importância da festa para a cidade que “começou dentro da família e hoje é uma festa da cidade de Corumbá”, observou. “Por tudo que ela representa, vamos buscar inserir a Festa de Santa Cruz no calendário de eventos da cidade”, revelou.

 

O prefeito fez um agradecimento especial a Luís Alves, conhecido como Peão, e toda sua família, por manter uma tradição secular, onde todos participam de forma harmônica, sem qualquer tipo de desavenças.

 

A festa foi encerrada com um bailão que animou os participantes até altas horas da madrugada, inclusive de outras cidades do Estado. Após o bailão ainda teve o café da manhã e o almoço de domingo, tudo ao som de muita música e animação.