Conferência debate plano municipal para protagonismo infanto-juvenil

Realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente vai debater as políticas e o plano decenal dos direitos humanos infanto-juvenis para Corumbá. O evento foi aberto na noite dessa quinta-feira, 28, no auditório da Faculdade Salesiana Santa Teresa, e prossegue durante toda a sexta-feira.

 

No período da manhã, será feita a leitura e aprovação do regimento interno da Conferência e a apresentação dos cinco eixos de trabalho: promoção dos direitos, proteção e defesa dos direitos, participação de crianças e adolescentes, controle social da efetivação dos direitos e gestão da política.

 

Após os debates, cada grupo vai formular propostas sobre o tema, que serão votadas no período da tarde, quando também serão escolhidos os delegados para a IX Conferência Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente. “Nossas crianças e adolescentes precisam ser protagonistas de sua própria história, mas para que isso aconteça de fato, é fundamental a participação da família”, afirmou o prefeito Paulo Duarte, durante a abertura do encontro.

 

“Temos em nossa cidade uma mazela social muito grande, que é o tráfico de drogas. Não podemos nos enganar e nem fingir que isso não existe. Pelo contrário, devemos unir forças e esforços para combater esse mal”, prosseguiu o chefe do Executivo municipal, ressaltando ainda atuação das muitas entidades assistências que há anos trabalham de forma silenciosa na região. “Não fosse o trabalho realizado por pessoas abnegadas, como o padre Pascoal, por exemplo, esse problema seria ainda muito maior em Corumbá”, completou o prefeito.

 

Para a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Lindivalda Gonçalves dos Santos, os jovens também terão participação ativa durante a Conferência. “As crianças e adolescentes tem nesse encontro a oportunidade de expressar suas ideias e opiniões”, destacou. Representando o Poder Legislativo, o presidente da Câmara, Tadeu Vieira, apontou a união de esforços como principal caminho para o município avançar no tema.

 

O juiz Maurício Cleber Miglioranzi Santos encerrou a cerimônia de abertura da Conferência Municipal com uma palestra sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e outros assuntos relacionados com a defesa dos direitos infanto-juvenis. A secretária de Assistência Social e Cidadania, Mabel Sahib Aguilar, a secretária de Saúde, Dinaci Ranzi, e a secretária de Educação, Roseane Limoeiro, também participaram da solenidade.