Prefeitura desmente boatos de descredenciamento do setor de Oncologia

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Saúde, informa que não há nenhuma possibilidade do serviço de oncologia prestado pelo Centro de Prevenção e Tratamento em Oncologia Dr. Hugo Costa ser descredenciado pelo Ministério da Saúde.  Os autores desses boatos agem de forma mentirosa e irresponsável ao divulgarem esse tipo de informação e, portanto, a Prefeitura Municipal está estudando a possibilidade de entrar com medidas jurídicas contra essas pessoas.

 

Ocorre que há uma orientação do Ministério da Saúde para que as unidades de assistência de alta complexidade em oncologia em todo o Brasil realizem um processo de reabilitação de forma a melhorar os serviços prestados aos pacientes e ampliar os atendimentos e diagnósticos que antes poderiam estar sobre responsabilidade de terceiros. De acordo com o diretor geral de atenção em saúde da Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul, o médico Salim Cheade, esse é “Um procedimento normal que visa fazer pequenos ajustes para melhorar os serviços e uma rotina do Ministério da Saúde”.

 

Com a determinação a Secretaria de Saúde tem realizado todos os procedimentos necessários para que essa reabilitação ocorra da forma tranquila e eficiente.

 

No entanto, algumas pessoas, uma minoria que, por motivos até mesmo impublicáveis, estão espalhando, de forma maldosa e irresponsável, boatos de que o serviço deixará de prestar assistência para mais de 650 pacientes, criando pânico entre os mesmos e fragilizando ainda mais a saúde de quem precisa do tratamento.

 

A Prefeitura Municipal de Corumbá e sua Secretaria de Saúde reforçam que todos os esforços têm sido feitos para garantir atendimento de qualidade em sua rede pública de saúde e mantém o compromisso assumido junto à população para melhorar cada vez mais os serviços.

 

UNACON

 

Ao ser reabilitado como Unacon, o Centro de Prevenção e Tratamento em Oncologia Dr. Hugo Costa deverá atender requisitos para atenção especializada em oncologia do adulto, o que inclui serviços como consultas e exames para acompanhamento, diagnóstico diferencial e definitivo de câncer e tratamento por cirurgia, oncologia clínica e cuidados paliativos, além da referência formal para radioterapia de seus usuários.