Imunização de animais em Quijarro e Puerto Suárez será feita em maio

A Prefeitura de Corumbá iniciou nesta terça-feira, 28 de abril, a capacitação dos profissionais bolivianos que vão atuar na imunização de cães e gatos de Puerto Quijarro e Puerto Suárez, na fronteira com o Brasil. A proposta da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar cerca de 5 mil animais contra a raiva animal.

 

“O objetivo é fazer o bloqueio da doença em toda a região, até por conta do livre acesso que existe nessa faixa de fronteira”, explicou a chefe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Corumbá, Walquíria Arruda da Silva.

 

A vacinação será feita de casa em casa e deve começar na segunda quinzena de maio. A capacitação dos profissionais bolivianos que farão o trabalho de campo começou nesta terça-feira no CCZ. Na quarta-feira, às 14 horas, será feita mais uma etapa da qualificação, desta vez com aulas práticas de manejo e aplicação da vacina.

 

“Esses profissionais serão multiplicadores desta capacitação lá na Bolívia. Lá o trabalho também deve incluir militares e estudantes do curso de Medicina, conforme ficou acordado na reunião realizada na última sexta-feira”, detalhou gerente de Atenção e Saúde de Corumbá, Viviane Ametlla.

 

Além de qualificar os trabalhadores, a Prefeitura também vai enviar agentes de endemias do Município para acompanhar o trabalho realizado no País vizinho. Para não comprometer a rotina na cidade, a proposta do CCZ é realizar a vacinação em Puerto Quijarro nos dias 15 e 16 de maio, sábado e domingo, e, em Puerto Suárez, na semana seguinte, dias 22 e 23.

 

O Ministério da Saúde já enviou mais 10 mil doses da vacina para Corumbá. A nova remessa chegou a cidade nesta terça-feira. 15 casos da raiva animal já foram confirmados em Corumbá, além e um caso humano. O homem segue em tratamento em Campo Grande.