BOM – Pantanal já encaminhou mais de mil pessoas ao mercado de trabalho

Em 18 meses de funcionamento, o Banco de Oportunidades Municipal (BOM – Pantanal) já encaminhou 1.031 pessoas ao mercado de trabalho local. Neste mesmo período, esta ferramenta implantada em 30 de setembro de 2013 pelo prefeito Paulo Duarte, já cadastrou 2.092 trabalhadores, todos oriundos dos cursos oferecidos pelo Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco, mantido pela Prefeitura, em parceria com a Missão Salesiana, e do Pronatec.

 

As informações são da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, responsável pelo funcionamento do Centro Dom Bosco, coordenado pela Gerência do Trabalho e Qualificação Profissional da Casa da Cidadania.

 

O balanço refere-se aos 18 meses de funcionamento do BOM – Pantanal, uma forte ferramenta que integra o programa de qualificação profissional desenvolvido no Município pelo Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco, e também pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania, em parceria com as demais pastas da Administração.

 

Somente nos primeiros três meses de existência, de outubro a dezembro de 2013, o BOM havia cadastrado um total de 456 trabalhadores. Já em 2014, o número de cadastrado chegou a 1.395 cadastrados no ano de 2014. Agora em 2015, nos três primeiros meses, 241 pessoas cadastradas.

 

Outro número divulgado pelo BOM – Pantanal se refere às pessoas encaminhadas para o mercado de trabalho. Em 2013 foram 232; 792 em 2014, e 07 agora, em 2015, totalizando 1.031 em 18 meses de funcionamento.

 

Neste período foram encaminhados trabalhadores para atender áreas com o recepcionista de hotel, garçons, cozinheira, pizzaiolo, salgadeiros, ajudante de cozinha, auxiliar de serviços diversos, soldador (maior numero de contratados), chapeiro, recepcionista, moto boy, chefe de padaria, auxiliar de padaria, caixa, açougueiro e  auxiliar de açougueiro,

 

Encaminhados também pessoas para as áreas de promotor de vendas, instrutor de informática, manicura e pedicura, motorista categoria D, motorista categoria AB, cabeleireiro para corte unissex, cabeleireiro só para corte masculino, escovista, pintor, pedreiro, marceneiro, diarista homem, diarista mulher e secretária do lar.

 

Interprete de libras, segurança externo, segurança interno, técnico em segurança do trabalho, cuidador de idoso, ajudante de serviços temporários, trabalhador para escola de samba, costureira, costureira para escola de samba, montador de sacolão, atendente de padaria, carpinteiro, promotor de vendas de chip, assistente administrativo, depiladora e atendente de fast food.

 

Marceneiro, técnico de segurança no trabalho, trabalhadores de mineração, trabalhador de supermercado, serigrafo, repórter, fiscal de loja, encarregado de flv (frutas, legumes e verduras), encarregado de depósito, encarregado de mercearia, 100 pessoas na área de informática (básica),

 

Encaminhadas ainda pessoas com deficiência, montador de móveis, setor financeiro, lajotista, eletricista predial, figurinista, lavador de carro, vendedor, adestrador de animal, administrativo, mecânico, analista de sistema, aquaviário, armador de ferragem, artesanato para eventos, assistente comercial, atendente de nutrição, construção e reparo, crediarista, design gráfico, entregador com moto, vigilante, soldador e montador, frentista, gerente de restaurante, manejo e horta.