Aulão marcou início das atividades da Oficina de Dança em Albuquerque

Um aulão marcou o início das atividades da Oficina de Dança de Corumbá no distrito de Albuquerque, na tarde desta quarta-feira, 08 de abril. Crianças, jovens e adultos assistiram às apresentações dos bailarinos e, logo após, num clima de festa, desenvolveram passos que, com as constantes aulas que começarão na localidade, serão aprimorados.

 

A extensão da Oficina de Dança era um sonho do coreógrafo Joílson Cruz, coordenador do projeto artístico e social mantido pela Prefeitura Municipal de Corumbá há 16 anos, atendendo anualmente cerca de 600 alunos.

 

“Quando sonhamos com isso a intenção era dar nova oportunidade para descobrir talentos dentro do município. A expectativa é crescer ainda mais e se tornar também um orgulho para nós. Só de estar aqui, romper essa barreira é muito gratificante. Entrar na comunidade que há muito tempo não tinha essa relação com a dança como tem a zona urbana”, comentou Joílson.

 

As aulas no distrito distante cerca de 70 quilômetros da área urbana de Corumbá acontecerão durante três dias na semana e serão ministradas na sede da Associação de Moradores do Distrito de Albuquerque, cuja presidente Maria Aparecida falou sobre a alegria de ter acesso a importante projeto cultural.

 

“Nossa comunidade está eufórica e é mais um presente que estamos ganhando. O prefeito não mede esforços em trazer pra gente tudo que levamos ao seu conhecimento através das secretarias. Que continuem olhando para Albuquerque de um jeito diferente de outros políticos anteriores. Nós também somos seres humanos e temos os direitos de receber aquilo que as outras comunidades usufruem”, avaliou.

 

O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, esteve presente nesse momento inaugural e participou do aulão. Ele destacou o trabalho sério realizado pela Oficina de Dança ao longo dessas quase duas décadas de atuação na cidade e convidou a população local para participar das aulas na extensão.

 

“Temos orgulho muito grande da Oficina de Dança, desses jovens, dessas senhoras que deram um belo espetáculo. Vocês têm direito de serem também os poetas dos gestos, pois a dança é uma forma de expressão, é o corpo falando e queremos que vocês participem não só inicialmente essas 57 pessoas, mas que tenhamos realmente aqui em Albuquerque um exemplo de que podemos ter atividades culturais em qualquer ponto do município de Corumbá”, disse.

 

Ao longo dos seus 16 anos de atuação, a Oficina de Dança de Corumbá, tornou-se um dos maiores projetos culturais do município, atendendo anualmente centenas de alunos, inclusive mães de alguns deles no sub-projeto intitulado “Como Nossos Filhos”. Os bailarinos da Oficina de Dança já representaram o município de Corumbá em eventos dentro e fora do Estado como o Festival de Dança de Joinville, um dos mais importantes do país.

 

Administrar para todos

 

Com o entendimento que a gestão deve alcançar todos os pontos do município, Duarte lembrou as constantes visitas realizadas à localidade com o propósito de levar melhorias à comunidade.

 

“Não interessa onde as pessoas moram, todos merecem o respeito, tem os mesmos direitos e a gente não está em nossa administração para fazer graças, mas sim coisa séria, respeitando as pessoas. Vim várias vezes aqui e Albuquerque não tinha médico, reformamos a unidade de Saúde, escola nas quais colocaremos ar condicionado até o final de ano, temos o trabalho do CRAS Rural”, e continuou.

 

“Acabar com essa história de distrito ser esquecido e só vir aqui em época de política, já vim aqui várias vezes em meu mandato e não para passear. Vim para ver os problemas e procurar resolvê-los”, afirmou.

 

O chefe do Executivo ainda anunciou outras melhorias para Albuquerque, dentre elas, a instalação de uma Academia ao Ar Livre, a exemplo das várias já em funcionamento na cidade. De acordo com Duarte, a licitação está em andamento e ainda neste primeiro semestre o espaço apropriado para a prática de atividades físicas será entregue aos moradores do distrito.

 

Com relação às atividades da Oficina de Dança, ele adiantou que, no final deste ano, um grande espetáculo mostrará o desenvolvimento dos alunos da extensão.

 

Estiveram presentes ao evento que marcou o início das ações da Extensão da Oficina de Dança em Albuquerque: a secretária municipal de Saúde, Dinaci Ranzi; a secretária municipal de Educação, Roseane Limoeiro; o secretário de Produção Rural, Pedro Lacerda; a secretária de Assistência Social e Cidadania, Mabel Sahib Aguilar; o subsecretário de Assistência Social, Nilo Correa; bem como os vereadores Tadeu Vieira, Cristina Lanza e João Lucas.