Saúde da Família realiza média de 800 atendimentos domiciliares por mês

Programa desenvolvido pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, a Estratégia de Saúde da Família está crescendo em Corumbá. No início de 2013 eram 17 equipes, hoje, passados dois anos, o Município ampliou para 27. São 23 na área urbana e quatro na rural, o que permitiu ampliar a área de cobertura para 89,7%

 

E o resultado disso tudo reflete diretamente na saúde da população. As 27 equipes são responsáveis por cerca de 800 visitas domiciliares com as presenças de médicos, dentistas e outros integrantes das equipes: agentes comunitários de saúde, enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de saúde bucal e recepcionistas.

 

“Elas cuidam bem da gente. Sempre fazem as visitas, me examinam, passam remédio, receitas… é muito bom este atendimento em casa”, testemunhou o senhor José Benites, 79 anos, residente no Bairro Cristo Redentor.

 

Esta semana ele recebeu a visita de uma das equipes da ESF do Fernando Moutinho, e foi examinado pela médica Yessell Yanetsy Garcia Ramirez. O aposentado queixou-se de tontura. A pressão estava alta e recebeu todas as orientações da médica que ainda passou um remédio, que ele deve tomar de oito e oito horas; marcou um exame mais minucioso para o dia 12, além de fornecer receita para pegar remédio na farmácia da Prefeitura, no Complexo de Saúde, localizado na Rua América.

 

“O senhor tem pressão alta (hipertensão arterial) e tem que tomar este remédio direto, de oito em oito horas”, disse Yessell a José Benites, entregando-lhe uma cartela de Captopril, suficiente para até o dia 12 de março, quando ele realizará os exames e deverá se dirigir até a farmácia, para pegar mais medicamentos.

 

Atenciosa, a médica explicou ao aposentado que pressão alta é uma doença crônica que não tem cura, mas pode ser controlada com remédios. Pediu para ele evitar o sal na alimentação, e também a gordura. Antes de deixar a casa, a equipe ainda deu atenção especial ao pequeno Victor Camposano, 5 anos, que é criado por José Benites.

 

A visita foi a primeira do dia. Junto com a médica estavam a enfermeira Jocimara Gonçalves, coordenadora; a técnica de enfermagem Benedita Dias Moura, e a agente de saúde Eliete Soares, todas da Unidade Básica de Saúde Fernando Moutinho, no Cristo Redentor.

 

A segunda visita da manhã foi na região do Cravo Vermelho III. Dessa vez quem acompanhou a equipe foi a agente de saúde Cristiane Soares.  Grupo foi recebido pela senhora Zenil Soares, 50 anos, mãe de Rosenil Soares, 25 anos, portadora de deficiência e que tom a remédio controlado. “Minha filha tem crises direto, não tem como levar ao posto de saúde. A médica vem sempre aqui, junto com sua equipe, e dá uma atenção especial. Isto é muito bom para a minha filha”, disse Zenil.

 

Gratificante

 

Antes de seguir para uma terceira visita, a médica Yessel Ramirez  revelou que o programa está sendo uma “bela experiência”, e que se sente contente com a oportunidade que está tendo nestes últimos meses.

 

“É uma oportunidade que a gente tem de ajudar aquelas pessoas que precisam do apoio médico. Estou tentando fazer tudo que estiver ao meu alcance para melhorar a saúde deles”, revelou a médica natural de Cuba. Ela revelou que já tinha noção do que encontraria em Corumbá e que a experiência está sendo gratificante. “Tratar do paciente, ver ficar bom, agradecer… isso não tem o que paga”, comentou.

 

A enfermeira Jocimara Gonçalves, coordenadora da equipe, explicou que estas visitas acontecem diariamente. Segundo ele, o primeiro contato é mantido pelos agentes e, dependendo dos casos, são agendas as visitas domiciliares com as presenças de médico, dentista e demais integrantes da equipe. O alvo são os idosos e pessoas enfermas com dificuldades de se dirigir às unidades de saúde.

 

“É um trabalho gratificante estas visitas às pessoas que não tem condições de se dirigir às unidades de saúde. É uma oportunidade para orientar as famílias e temos sido muito bem recebidos por elas. A população está adorando”, destacou Jocimara antes de entrar no carro e continuar a agenda do dia.