Prefeitura implanta drenagem para depois asfaltar o Jardim dos Estados

A Prefeitura de Corumbá está executando uma importante obra de drenagem na região da Popular Nova e no Jardim dos Estados para depois, atender uma das maiores reivindicações da comunidade local, a pavimentação asfáltica.

 

“Estamos realizando agora a fase mais difícil que é a drenagem que começou pela Rua Rio Grande do Sul, vai passar pela Rua José Fragelli e chegar até a Rua Pará. Isto é de extrema importância para que possamos implantar o pavimento asfáltico no Jardim dos Estados, inclusive em frente à Escola Ângela Maria Perez, atendendo também o Centro de Educação Infantil Maria Benvinda Rabello”, informou o prefeito Paulo Duarte durante um encontro com a moradores do Jardim dos Estados na última quarta-feira à noite.

 

Na oportunidade, o prefeito participou da aula inaugural da terceira turma do Projovem Urbano, na Ângela Perez, e aproveitou para informar aos presentes sobre as obras de drenagem, necessárias para asfaltar as ruas do bairro.

 

Segundo ele, se fosse executada a pavimentação, sem a drenagem, o asfalto estaria comprometido e as residências existentes na região continuariam sendo invadidas pelas águas, durante as chuvas. Os serviços estão sendo executados com recursos próprios da Prefeitura. Já a pavimentação será em parceria com o Governo Federal.

 

Conforme o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, engenheiro Gerson da Costa Melo, a drenagem foi iniciada pela Rio Grande do Sul, vai passar pela José Fragelli e pela Rua Pará. Será interligada a uma outra galeria na própria Rio Grande do Sul e toda água captada na região do Jardim dos Estados vai direto para as galerias troncos já implantadas na parte alta da cidade.

 

O prefeito lembrou ainda que as obras de pavimentação do Jardim dos Estados foram iniciadas no ano passado pela própria Rua Pará, entre a Marechal Deodoro e José Fragelli, trecho que não foi preciso implantar drenagem. O projeto vai atender o Jardim dos Estados e a Popular Nova. Antes, porém, é preciso concluir a drenagem, obra importante que, após concluída, ninguém vê, mas de grande importância.