Prefeito homenageia garis e diz que são exemplos para toda a cidade

O sol escaldante de Corumbá ou mesmo a chuva não são motivos para tirar o ânimo dos trabalhadores que, todos os dias, cumprem com afinco a tarefa para manter a limpeza da cidade. Logo cedo, às 06 horas, o grupo deixa a sede da empresa, a Unipav, e se dirige ao centro para mais uma etapa da missão: varrer as vias públicas, ensacar o lixo, deixando-o em pontos estratégicos para que seja recolhido pelos caminhões da coleta.

 

E não há folga. Os garis, como são conhecidos, cumprem esta rotina todos os dias, até mesmo nos feriados e domingos. E não são apenas as ruas da área central a área de atuação da equipe. Os trabalhadores são responsáveis também pela varrição das feiras livres existentes na cidade, assim como das praças.

 

E uma delas é a Generoso Ponce, palco de grandes eventos que acontecem geralmente à noite. E quando isto ocorre, pode contar que, na manhã seguinte, bem cedo, esta equipe responsável pela varrição já está na região, limpando a praça e a região de entorno, tudo para manter a limpeza e o local mais agradável.

 

A equipe de varrição mantida pela Unipav, empresa que presta serviço para a Prefeitura de Corumbá na área de limpeza pública, como coleta de lixo, varrição, capina, entre outros, é integrada por 30 pessoas, 18 homens e 12 mulheres.

 

Nesta quinta-feira, 05, a equipe saiu da rotina. O grupo permaneceu no pátio da empresa para participar de uma homenagem às trabalhadoras da Unipav. Foi um café da manhã em comemoração à Semana da Mulher, já que domingo, 08 de março, é o dia delas.

 

O café da manhã foi especial e contou também com a presença do prefeito Paulo Duarte que, em outras oportunidades, já demonstrou o grande respeito que tem por estas pessoas. “Vim aqui hoje para agradecer o trabalho que vocês fazem na cidade, pela cidade”, disse. “É uma homenagem a estas mulheres que, com muita garra, desenvolvem um trabalho importante e mantem a nossa cidade limpa. Elas junto com estes homens que fazem parte desta equipe valorosa”, reconheceu.

 

O prefeito foi recebido por Thiago Andreaza, responsável pela Unipav em Corumbá. Estava acompanhado de integrantes da sua equipe administrativa, como a diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal, Luciene Deová, pasta que desenvolve um trabalho em parceria com a Unipav, assim como da secretária de Saúde Dinaci Ranzi, e do subsecretário de Assistência Social e Cidadania, Nilo Corrêa.

 

O café da manhã integrou a programação comemorativa da Semana da Mulher, que está a cargo da Gerência de Políticas Públicas para a Mulher. O prefeito chegou cedo à sede da empresa, conversou bastante com as trabalhadoras, focos das homenagens, e com os trabalhadores. “Tanto elas quanto eles são exemplos. Acordam cedo e com disposição, realizam um trabalho importante, de sol a sol, para manter a limpeza da cidade”, disse.

 

“Temos que mostrar cada vez mais para a cidade, para a população, a importância do trabalho de todos aqui. Vocês são exemplos de conscientização, de como se deve cuidar da cidade”, certificou Duarte. E ele foi mais além: “é preciso que todos valorizem o trabalho dessa equipe, inclusive aquelas pessoas que jogam lixo, latas, pelas ruas da cidade. Abrem os vidros dos carros e jogam”.

 

O encontro foi finalizado com um café da manhã e o prefeito aproveitou para conversar um pouco mais com os integrantes da equipe responsável pelo trabalho de varrição. “Estou vindo aqui hoje para mostrar o respeito que tenho pelo trabalho de todos vocês. Queremos que todos aprendam com vocês e mantenham a nossa cidade limpa”, reforçou.

 

12 mulheres

 

Hoje, a empresa responsável pela limpeza da cidade, conta com um a equipe integrada por 172 pessoas. Dessas, 30 são mulheres e todas foram homenageadas na manhã de hoje. Só na varrição da cidade, são 30 pessoas, das quais, 12 mulheres.

 

A mais antiga do grupo está completando 10 anos de empresa agora, em 2015, só na varrição. É Cirlene Dias, moradora na Popular Velha que, com o seu trabalho, sustenta três filhos. “Não é um trabalho pesado. Adoro o que eu faço”, disse.

 

E ela já deparou com pessoas jogando lixo na rua logo após o espaço de ter sido limpo. “Quando dá tempo a gente chama a atenção. Mas, na maioria das vezes, não dá e o negócio é voltar lá e limpar de novo. Afinal, a gente tem que manter a cidade limpa”, revelou.

 

E casos como este são comuns na cidade. Testemunho dos próprios trabalhadores dão conta que existem pessoas que, mesmo observando os varredores e varredoras de rua fazendo seu trabalho, jogam o lixo na rua até por provocação. “Uma senhora fez isto na minha frente para provocar. E o pior é que estava com uma criança. Que exemplo ele está dando para esta criança?”, denunciou uma colega de Cirlene.