Para prefeito, Projovem Urbano é ferramenta importante de inclusão social

Jovens de 18 a 29 anos estão participando em Corumbá, da terceira edição do Projovem Urbano, um programa desenvolvido pela Prefeitura Municipal, em parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério da Educação. As aulas foram iniciadas no dia 23 de fevereiro na Escola Municipal Ângela Maria Perez que, na quarta-feira, 18, à noite, foi palco de uma cerimônia que marcou a aula inaugural e a entrega de kits pedagógicos aos alunos e professores.

 

O prefeito Paulo Duarte participou do ato que foi comandado pela Secretaria de Educação. Antes mesmo da solenidade, conversou com os alunos, alunas, professores e com integrantes da secretaria e da própria escola que está acolhendo pela segunda vez este programa.

 

Foram encontros importantes que permitiram conhecer vários casos que levaram os jovens a paralisar os estudos e, com muita força de vontade, retomar agora para conclusão do Ensino Fundamental.

 

Em seu discurso, o prefeito citou que os 219 jovens matriculados são exemplos a seguir. Lembrou inclusive a apresentação do coral formado pelos jovens que brindaram os presentes com a música “Tocando em frente”, de Almir Sater e Renato Teixeira, citando o trecho ‘Cada um de nós compõe a sua história, cada ser em si carrega o dom de ser capaz e ser feliz’ que traduz o momento atual de cada um dos alunos que perseguem um “sonho de ser feliz”.

 

“O que o Claudiney (Soares dos Santos, aluno que representou os demais na mesa das autoridades) disse, serve para todos nós que, desde cedo, tivemos que dividir nosso tempo com o trabalho e o estudo”, comentou. “Aos 16 anos já trabalhava durante o dia e estudava a noite”, lembrou o prefeito, compartilhando as dificuldades enfrentadas naquela época, semelhantes às que os alunos do grupo atual enfrentaram, mas que hoje contam com uma ferramenta para concluir o Ensino Fundamental e visualizar um futuro melhor: o Projovem Urbano.

 

Fez um pedido ao grupo: “Persistam, não abaixem a cabeça, mantenham esta mesma garra, determinação até o final do curso. Este é um grande projeto que vai inclusive possibilitar a qualificação em uma área que tem crescido bastante na cidade, a alimentação”.

 

O prefeito concluiu dizendo que vai acompanhar o programa de perto e já anunciou “uma grande festa na formatura” e que a Prefeitura, cada vez mais, se empenhará em programas e projetos como o Projovem Urbano, voltado para a inclusão social.

 

O programa

 

O ato contou ainda com a inauguração da sala de acolhimento ontem ficarão as crianças enquanto as mães frequentam as aulas. “Este é um programa especial que disponibiliza uma equipe e espaço para as crianças, vale transporte, refeição, material pedagógico, além de uma ajuda de custo de R$ 100,00 para os alunos”, citou Duarte.

 

O prefeito enalteceu o trabalho de toda a equipe, principalmente pelo fato de Corumbá ter sido uma das poucas cidades do Estado a cumprir todas as metas estabelecidas pelo Ministério de Educação, como o número de alunos matriculados e início das aulas (foi em 23 de fevereiro).

 

“Aliás, nos ultrapassamos uma das metas relacionada ao número de alunos. Abrimos vagas para 200 jovens e hoje estamos com 219, podendo aumentar ainda mais. Isto nos deixa feliz em saber que todos estão voltando aos bancos escolares, buscando uma vida melhor”, observou, enquanto se dirigia à sala de acolhimento.

 

“Este espaço é das crianças. Enquanto as mães estudam, elas ficarão aqui, muito bem cuidadas por duas pedagogas. Isto é importante e dá condições para que as mães possam estudar com tranquilidade, pensando num futuro melhor para a família”, concluiu.