Comandantes do 6º Distrito e da 18ª Brigada são homenageados em Corumbá

O grande trabalho desenvolvido na região pantaneira nos dois últimos anos, não somente nas instituições comandadas por eles, mas também em outros setores da sociedade, foi mais uma vez reconhecido pela Prefeitura de Corumbá que, por meio da Secretaria de Educação, prestou uma homenagem aos comandantes do 6º Distrito Naval, contra-almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho, e da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, general Pedro Paulo de Mello Braga.

 

O ato aconteceu na tarde desta segunda-feira, 23, no auditório da Prefeitura Municipal, e contou com as presenças do prefeito Paulo Duarte, da secretária de Educação, Roseane Limoeiro, além de outros secretários, diretores, professores e integrantes da equipe da Educação corumbaense.

 

“Uma homenagem mais do que justa por tudo que eles fizeram pela nossa cidade, pela nossa região pantaneira”, destacou o prefeito Paulo Duarte ao enaltecer a iniciativa da equipe da Educação. “São dois grandes parceiros que aprendemos a gostar, admirar e que tiveram um olhar sensível pela educação. Eles fizeram algo mais, muito mais do que deveriam, com determinação, com garra, esta é a diferença”, ressaltou.

 

O evento marcou a entrega de lembranças ao contra-almirante Edervaldo e à sua esposa Luene Garcia, bem como ao general Braga e à esposa Tânia Maria Braga. O comandante da 18ª Brigada ainda foi agraciado com o título de Amigo da Educação, comenda que já havia sido entregue a Edervaldo, anteriormente.

 

Paulo Duarte lembrou que, nos dois anos em que os dois militares comandaram o 6º Distrito Naval de Ladário e a 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, eles sempre estiveram abertos e foram parceiros de Corumbá em muitas realizações, “principalmente na Educação que ganhou muito com os dois. Não vai ser fácil para quem vem para substituir os dois. Vão ter que fazer muito para, pelo menos empatar com vocês”, disse Duarte, se dirigindo aos homenageados, de quem se tornou amigo particular.

 

“Iniciamos a caminhada praticamente juntos, eu na Prefeitura, o contra-almirante no 6º Distrito e o general na 18ª Brigada de Infantaria. Desde o início foram parceiros nossos. Geralmente o tempo de cada um é de um ano. Eles ficaram dois e, por mim, ficariam muito mais. Muitos não têm ideia do que eles fizeram pela nossa cidade. São duas pessoas que fizeram, fazem e vão continuar fazendo a diferença”, observou Duarte, afirmando que esta convivência com os dois militares, foi um “enorme aprendizado”.

 

Parceiros

 

Desde que chegaram à região, os dois comandantes procuraram desenvolver trabalhos em parcerias com a Prefeitura de Corumbá e também com Ladário. O contra-almirante Edervaldo disse que antes mesmo de assumir o 6º Distrito, Corumbá já havia dado mostras de que ele seria muito bem recebido na cidade.

 

“Tinha um problema sério para resolver. Minha esposa é funcionária público no Distrito Federal. A primeira pessoa que conversamos aqui foi com a secretária Roseane Limoeiro e fomos muito bem atendidos”, lembrou, para em seguida afirmar que se sentiu “envolvido com a cidade” e que se sente “feliz”.

 

“Vibrei com a cidade. Cheguei o Corumbaense estava na 2ª Divisão. Estou indo embora e o Corumbaense está na 1ª Divisão, decidindo título”, celebrou, referindo-se ao fato da equipe estar na quarta-de-final. “Vibro com a cidade, vibro com vocês aqui. Dei sorte de pegar prefeito que é como eu, decidido, que resolveu problemas como o transporte, está climatizando escolas, asfaltando ruas, inaugurando a UPA. Isso é trabalho. Ficar sentado no gabinete não faz isso. É um prefeito que chega e faz”, disse, se referindo a Duarte com quem disse ter se identificado logo que chegou à cidade.

 

Outro homenageado da tarde foi o general Braga que recebeu o título de Amigo da Educação. Ele e sua esposa, que não pode estar presente, foram agraciados com outras lembranças. Se emocionou bastante e disse que, quando veio para Corumbá, tinha uma missão a cumprir.

 

“Cada função tem o seu desafio. Muitas vezes isto é facilitado pelas pessoas que encontramos, militares e, aqui especificamente, os parceiros”, especificou, para lembrar que ele foi muito bem acolhido na cidade e que pode realizar um trabalho em parceria com o prefeito Paulo Duarte.

 

Continuou afirmando que se “considera uma pessoa abençoada por ter convivido com o contra-almirante Edervaldo e com todos nessa cidade, e por quem a dirige”. Conforme ele, a participação de Paulo Duarte foi importante para a 18ª Brigada ganhar força junto ao SisFron (Sistema de Monitoramento de Fronteiras). “Este ano, apesar de todas as restrições, a Brigada recebeu recursos e retomou suas prioridades que é construir a nova sede e modernizar a Base de Comando do Porto Índio.

 

Roaseane Limoeiro, secretária de Educação, fez um agradecimento especial aos dois “grandes parceiros, sempre dispostos a ajudar, apoiar a educação”. Ela ressaltou a atuação das duas instituições militares em apoiar o Município com um olhar diferenciado para a educação. “Colocaram a mão na massa, nos ajudaram aqui na cidade e também na região ribeirinha”, destacou.

 

Além de professores, diretores de escolas e funcionários da Educação, o ato foi prestigiado também por alunos da Rede Municipal de Ensino, casos de Gabriel e Letícia Emanuele, do CAIC; Carlos Junior e Michelle, do Pedro Paulo.