Caimasul deve gerar 100 empregos diretos e 200 indiretos em Corumbá

Prevista para ser inaugurada em julho de 2016, a Caimasul (Caimans do Sul do Pantanal Importação e Exportação Ltda) deve empregar diretamente 100 pessoas em todo o processo de criação, abate, industrialização e comercialização da carne e couro de jacarés. Outros 220 empregos indiretos devem ser oportunizados pelo empreendimento, inclusive para os ribeirinhos de Corumbá.

 

A empresa está sendo instalada em uma área de 150 hectares na BR-262, onde também funcionarão um frigorífico, um curtume, uma fábrica de ração para os répteis, uma loja de artesanatos e a sede administrativa. Todo o projeto foi apresentado nessa quinta-feira, 19, durante a primeira reunião informativa da Caimasul, realizada no Sindicato Rural.

 

O prefeito Paulo Duarte participou do encontro e destacou a importância do investimento para a região. “É um projeto arrojado. É o maior empreendimento do mundo no ramo e que vai desenvolver toda a cadeia produtiva do jacaré. A iniciativa prevê desde a criação sustentável do animal, atá o abate e o desenvolvimento de atividades de aproveitamento total de insumos oriundos do Pantanal, como peças artesanais e beneficiamento do couro”, comentou.

 

“Isso tudo com tecnologia de ponta que fará Corumbá ser conhecida como uma das maiores produtoras e beneficiadoras do mundo, não apenas da carne de jacaré mas de todos os seus subprodutos”, complementou o prefeito, destacando ainda a exploração sustentável e o compromisso da empresa em preservar a espécie e todo o ecossistema local.

 

“Queremos colocar Corumbá, o Mato Grosso do Sul e o Brasil como referência na utilização deste recurso natural. E tudo isso realizado com um projeto ecologicamente correto”, afirmou Wilson Alves Garcia Giraradi, sócio-proprietário da Caimasul. “Em até 4 anos, teremos 250 mil jacarés criados em confinamento, proporcionando 100 mil abates por ano, 300 toneladas de carne e 100 mil toneladas de pele”, descreveu.

 

Durante a apresentação do projeto, o diretor-presidente do empreendimento, Raul Amaral Campos Filho, também agradeceu o apoio que tem recebido da Prefeitura e da sociedade corumbaense. “Não poderíamos deixar de agradecer o prefeito Paulo Duarte e toda a comunidade de Corumbá, que nos recebeu tão bem desde que chegamos aqui”.