Na Agetrat, moto-taxistas pedem mais rigor na fiscalização de clandestinos

Um grupo de aproximadamente 20 moto-taxistas se reuniu nesta quarta-feira, 25 de fevereiro, com o diretor-presidente da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), Alexandre Taques Vasconcelos e, entre outras demandas, solicitou maior rigor na fiscalização dos motociclistas que atuam no transporte de passageiros de forma irregular.

 

Os profissionais também apontaram a necessidade da criação de novos pontos rotativos de moto-taxis, principalmente nas áreas mais afastadas do Centro da cidade. Um representante da Coopermototaxi, cooperativa criada há um ano e que reúne 30 motociclistas, também participou do encontro, realizado na sede da Agetrat.

 

“Esta foi só a primeira reunião que tivemos com a categoria. Recebemos representantes de todos os pontos, ouvimos a demanda deles, as sugestões e apresentamos algumas propostas de ação”, afirmou o diretor-presidente da Agência Municipal de Trânsito, que avaliou de forma bastante positiva a reunião.

 

“Vamos sempre estar abertos ao diálogo e dispostos a avaliar sugestões para melhorar o trânsito em nossa cidade e a qualidade do serviço oferecido ao munícipe”, continuou Alexandre. Com relação à fiscalização, um cronograma de ação está sendo montado em parceria com a Polícia Militar e deve ser iniciado já na primeira semana de março.

 

“Este trabalho já é feito pelos nossos agentes de forma contínua e ininterrupta. Vamos agora buscar o apoio da PM para ampliar essas blitzes e combater, principalmente, os pontos clandestinos. Além disso, vamos fiscalizar todos os condutores de forma em geral, o que incluiu também os mota-taxistas credenciados”, afirmou Alexandre, destacando ainda os riscos para o passageiro quando esse não utiliza um moto-taxista credenciado pelo Município.

 

“É um risco muito grande. O passageiro que utiliza o serviço clandestino não está segurado, além de não saber se está andando com um profissional habilitado ou até mesmo na companhia de um criminoso”, concluiu. Atualmente Corumbá conta com 154 moto-taxistas credenciados pela Prefeitura.

 

Concurso

 

A Prefeitura de Corumbá reabriu processo licitatório, na modalidade de concorrência pública, para a seleção de pessoas físicas para prestação de serviço de transporte individual de passageiros em motocicletas. Estão sendo disponibilizadas 220 vagas e o edital pode ser retirado no setor de licitação da Prefeitura, localizada na Rua Gabriel Vandoni de Barros, nº 01.

 

O recebimento dos envelopes de habilitação e proposta técnica acontece entre os dias 08 e 10 de abril, nos períodos das 08 horas às 11h30, e das 14 horas às 17h30, na sede da Prefeitura. A abertura dos envelopes de habilitação será no dia 13 de abril às 08h30, no mesmo local.

 

Maiores informações podem ser obtidas na Superintendência de Suprimentos e Serviços da Secretaria Municipal de Gestão Pública, pelo telefone (67) 3234-3407 ou pelo e-mail: licitacoescorumba@bol.com.br , ou na Agência Municipal de Trânsito e Transporte, localizada  na Rua 21 de Setembro, n° 1.997, Bairro Nossa Senhora de Fátima, pelos telefones (67) 3907-5455 ou (67) 3231-8245.