Prefeitura mantém atendimento para reinserção da população de rua

Enquanto setores da segurança pública investigam denúncias de que pessoas estariam sendo ‘enviadas’ para Corumbá, contribuindo para o aumento da população em situação de rua, a Prefeitura de Corumbá mantém os serviços de atendimento a este tipo de clientela, objetivando principalmente a ressocialização, na tentativa de melhorar as condições de vida dessas pessoas.

 

E uma ferramenta importante está sendo o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua, o Centro POP de Corumbá, implantado em 2014, que realiza atendimento à população de rua e itinerante, com serviço de abordagem social, espaço para higiene pessoal e alimentação, oficinas socioeducativas, oficina de redução de danos e encaminhamento à rede socioassistencial.

 

O Centro Pop de Corumbá fica localizado na Rua Cuiabá, entre a 15 de Novembro e a Sete de Setembro. Esta semana, ao fazer um balanço sobre as ações desenvolvidas no local, a secretária Andrea Cabral Ulle, de Assistência Social e Cidadania, pasta responsável pelo programa, comentou que o acesso aos serviços acontece por meio das abordagens sociais realizadas pela equipe técnica e educadores sociais, além da busca espontânea por parte dos usuários, seguido de entrevista social, diagnóstico socioeconômico.

 

“A principal finalidade é trabalhar visando o retorno familiar”, diz ela, ressaltando que estas pessoas também são encaminhadas para inclusão no cadastro único, acolhimento na Casa de Passagem “José Lins”, além de encaminhamentos para cursos de capacitação no Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco.

 

As atividades socioeducativas desenvolvidas visam à inclusão familiar e/ou comunitária, capacitação do cidadão na organização de seu cotidiano, encaminhamento para cursos profissionalizantes, tratamento no Centro de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (CAPSad) e grupos de autoajuda, inserção na rede formal de ensino e disponibilização de atividades culturais, de lazer e ocupacionais, bem como atividades visando a valorização da autoestima, desenvolvidos pela equipe de assistentes sociais e psicólogos.

 

O Centro Pop é um espaço de referência para proporcionar à população em situação de rua vivências para o alcance da autonomia e o desenvolvimento de vínculos interpessoais ou familiares que oportunizem a construção de novos projetos de vida.

 

Ulle revela que, após um ano de efetivo trabalho no Município, a equipe técnica diagnosticou 26 pontos de permanência e/ou pernoite de pessoas em situação de rua, mapeou e cadastrou 192 pessoas em situação de rua, as quais em sua maioria estão envolvidas com consumo de álcool e substâncias psicoativas, além de transtornos mentais e comportamentais.

 

O levantamento aponta que a média mensal de atendimento e acompanhamento é de 80 pessoas. As abordagens sociais são realizadas diariamente nos três turnos. Ao fim do primeiro ano foram realizados 24 reinserções familiares, 04 inserções no mercado formal de trabalho, 78 pessoas encaminhadas para tratamento no CAPSad e/ou comunidade terapêutica, 36 pessoas conseguiram segunda via de documentação civil (certidão de nascimento, RG, CPF, Carteira do Trabalho).

 

“A Prefeitura de Corumbá, dessa forma, está realizando o seu papel, garantindo direitos e acesso à bens e serviços à essa população, evitando o simples agir higienista, retirando essas pessoas a qualquer custo das ruas, promovendo o oposto, garantido integridade e dignidade da pessoa humana, esteja ela nas ruas ou não”, concluiu a secretária.