Prefeitura desapropria e justiça cancela leilão de área do Hospital de Corumbá

O juiz da 3ª Vara Civil, dr. Daniel Scaramella Moreira, na manhã desta sexta-feira, 23, decidiu pelo cancelamento do leilão da área do Hospital de Corumbá, que estava avaliado em R$ 400 mil. O leilão ocorreria em virtude de uma dívida contraída pela Santa Casa com a Sanesul, no período em que o hospital era administrado pela Associação Beneficente Corumbaense, antes da intervenção ocorrida em 2010.

 

A informação foi prestada pelo procurador geral do município, advogado Júlio César Pereira da Silva. Conforme ele, o Município ajuizou duas ações, uma na Vara da Fazenda Pública, de desapropriação, e a outra na 3ª Vara Civil, onde tramita a cobrança da Sanesul, para suspensão do leilão, decisão anunciada na manhã de hoje.

 

No site www.leiloesjudiciais.com.br já aparece a palavra ‘cancelado’. Júlio César Pereira informou ainda que a Prefeitura já requereu emissão de guia para recolhimento do valor (R$ 400 mil).

 

O leilão aconteceria nesta sexta e foi cancelado a partir de uma ação  da Prefeitura, de desapropriação da área.