Márcia Rolon se afasta por 90 dias da Fundação de Cultura de Corumbá

Com o carnaval já formatado, a vice-prefeita Márcia Rolon se afasta por um período de 90 dias da presidência da Fundação de Cultura de Corumbá, para tratar de assuntos particulares. A informação é do prefeito Paulo Duarte que, na tarde de sexta-feira, 16, se reunião com toda a equipe da pasta, juntamente com Márcia, quando o assunto foi tratado com o grupo.

 

“A Márcia está se afastando por 90 dias para tratar de assuntos particulares e, após este período, ela retorna à presidência da Fundação de Cultura. Ontem, junto com ela, conversamos sobre isto com toda a sua equipe e o afastamento acontece agora, após definição de todos os detalhes do carnaval que será tocado pela sua equipe”, revelou Paulo Duarte.

 

“No entanto, isto não impede que ela, mesmo afastada da presidência, desenvolva um trabalho voltado para Corumbá. Tanto é que, na segunda-feira, ela já estará em Campo Grande, iniciando os entendimentos com o secretário de Cultura do Estado, Athayde Nery, para tratar de questões ligadas ao Festival América do Sul. Estive com o governador Reinaldo Azambuja esta semana, conversamos sobre o festival e a Márcia, por orientação minha, vai tratar do assunto diretamente com o Athayde e sua equipe, para que tenhamos um dos melhores festivais dos últimos anos, em junho”, destacou Duarte.

 

O prefeito ressaltou que, durante este período, quem responderá pela Fundação de Cultura será o gerente de Fomento e Difusão Cultural, José Antônio Garcia (Tanabi). Passados os 90 dias, Márcia retorna normalmente às suas funções de diretora-presidente da Fundação de Cultura.