Vacinação contra pólio e sarampo prossegue até dia 12 em Corumbá

Corumbá intensifica a campanha de vacinação contra a poliomielite e sarampo e os índices aumentaram na última semana. A imunização se encerraria na sexta-feira, 28 de novembro, mas foi prorrogada até o dia 12 de dezembro. As doses podem ser encontradas em nove unidades de saúde, inclusive de outras vacinas, como a HPV (Papiloma Vírus Humano) para meninas na faixa etária de 11 a 13 anos.

 

Números divulgados na segunda-feira, 01 de dezembro, pelo setor de imunização da Secretaria de Saúde da Prefeitura, revelam que a campanha contra a poliomielite na cidade, chegou a 85,19%, com 7.164 crianças vacinadas. Em relação ao sarampo, o índice atual é de 85,61, com 6.091 crianças imunizadas.

 

O chefe do setor de imunização, enfermeiro Wangley Campos, informa que a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 95%. “Estamos trabalhando para atingir 100%, a exemplo de anos anteriores. E não é somente contra a pólio e o sarampo, nossas equipes trabalham também para atingir a meta da imunização contra HPV, que continua baixo não só em Corumbá, mas em todo o Brasil”, disse.

 

Wangley informa que é importante que os pais ou responsáveis levem as crianças nas faixas etárias de seis meses a quatro anos, 11 meses e 20 dias, paralisia infantil, e de 12 meses a menores de cinco anos, sarampo, para serem imunizadas contra estas duas doenças.

 

É importante lembrar que famílias beneficiadas pelo programa social Bolsa Família, do Governo Federal, e que possuem filhos com até cinco anos de idade, devem levá-los para tomar as doses das vacinas e manter o calendário vacinal em dia, uma das condicionalidades na área da Saúde que precisa ser cumprida para que continuem a receber o benefício.

 

Em Corumbá, as unidades que estão atendendo a população com as vacinas são: Ênio Cunha II, no Bairro Dom Bosco; Padre Ernesto Sassida, no bairro Dom Bosco; Ênio Cunha I, na Cervejaria; Popular Velha, no Bairro da Popular Velha; Fernando Moutinho, no Cristo Redentor; Kadwéus, no Kadwéus; Dr. Humberto Pereira, no Nossa Senhora de Fátima; Breno de Medeiros, na Popular Nova, e no Centro de Saúde da Ladeira, na Ladeira Cunha e Cruz.