Totalmente reformada e ampliada, Monte Azul terá educação de período integral

O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, entregou nesta quarta-feira, 17 de dezembro, a reforma e ampliação da Escola Municipal Rural Monte Azul, localizada no assentamento Taquaral. A obra foi executada exclusivamente com recursos próprios do Município e vai atender 220 alunos da região, que a partir de 2015 terão ensino em tempo integral.

 

“Nosso compromisso é de olhar para as pessoas, independente de onde elas estejam”, comentou o prefeito, reafirmando sua política de valorização e fortalecimento do ensino público. “Nesses dois anos de administração temos investido nos nossos jovens e priorizado, de forma real e concreta, a Educação”, disse, lembrando ainda da entrega do Centro de Educação Infantil Eunice Ajala Rocha, no bairro Vitória Régia, realizada no início deste semana.

 

“E até o ano que vem vamos ter 100% das nossas escolas climatizadas. Seremos uma das poucas cidades do Brasil com ar condicionado em todas as salas de aula da Rede Municipal de Ensino (Reme)”, pontuou. No Monte Azul, a Prefeitura reformou duas unidades do prédio, construído há 25 anos, e construiu um novo bloco, com 130 metros quadrados, quatro banheiros e a cobertura dos corredores que ligam os espaços.

 

Também foram construídos banheiros adaptados, rampa, corrimão e mobiliários e equipamentos para atender pessoas com necessidades especiais. Depois das obras, a unidade de ensino agora conta com 10 salas de aula, um laboratório de informática, uma biblioteca (montada com apoio da Embrapa Pantanal), uma secretaria, uma sala de coordenação, uma de direção, uma sala de professores e uma cozinha com refeitório.

 

“Esses investimentos feitos na escola Monte Azul vão possibilitar que já no próximo ano letivo tenhamos aqui no Taquaral o período de educação integral, uma proposta pedagógica que vai ao encontro dos indicadores do Plano Nacional de Educação (PNE)”, explicou a secretária municipal de Educação, Roseane Limoeiro. “Este também é um momento muito importante, pois estamos dando aos alunos do campo a mesma oportunidade dos estudantes da cidade”, completou.

 

“Em toda a cidade temos, nesses dois últimos anos, conseguido alcançar um salto na qualidade do ensino. E no campo, isso é ainda mais especial, pois estamos trabalhando de acordo com a especificidade de cada região, respeitando e valorizando a história das pessoas que passaram e ainda vivem na zona rural”, concluiu Roseane.

 

A primeira-dama e diretora-presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico, Maria Clara Scardini, a vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Cultura, Marcia Rolon, o secretário de Governo, Márcio Cavasana, a secretária de Assistência Social e Cidadania, Andrea Ulle, e o secretário de Produção Rural, Pedro Lacerda, também participaram da solenidade.