Prefeitura reforça entrosamento com lideranças por novas ações na cidade

Os dois últimos anos foram de muitas conquistas para a população corumbaense e, se depender do entrosamento que há entre o Poder Executivo e as lideranças comunitárias, Corumbá ganhará mais benfeitorias ainda em 2015, principalmente nos setores de infraestrutura, social, saúde, educação e esporte.

 

Estes foram alguns temas tratados durante uma reunião de integrantes da administração do prefeito Paulo Duarte com presidentes e lideranças de associações de moradores de Corumbá, na sexta-feira, na Casa da Cidadania. O encontro aconteceu na Casa da Cidadania e permitiu estreitar ainda mais o relacionamento entre Prefeitura e a sociedade civil, objetivando melhorar ainda mais o entrosamento entre os dois setores.

 

A reunião contou com a participação de 25 pessoas, entre presidentes e líderes de bairros da cidade, e foi comandada pelo subsecretário de Assistência Social e Cidadania Nilo Corrêa, em atendimento a um pedido do prefeito Paulo Duarte.

 

“Foi importante. Tivemos a oportunidade de nos reunir com estas lideranças e fazer um breve relato, prestando contas dos dois primeiros anos da administração da cidade”, explicou Nilo. Conforme ele, temas como transporte público, saúde, infraestrutura e educação foram os mais citados na reunião.

 

Em relação ao novo sistema de transporte coletivo, Losilângela de Lima Guedes, presidente da Associação de Moradores do Bairro Guató, definiu como uma grande conquista para a população a entrada em operação da nova empresa responsável pelos serviços na cidade, a Viação Cidade Corumbá. A sua opinião foi acompanhada por todos os presentes.

 

Da mesma forma, os representantes da parte alta da cidade disseram que aguardam com ansiedade a entrega da Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas(UPA-24 Horas), do Bairro Guató, que deve ser entregue no início de 2015. Será o novo Pronto Socorro da parte alta que vai desafogar o Pronto Socorro central.

 

Já o presidente da Popular Velha, Edmir Braga Barbosa, citou como um ponto alto para a comunidade, o asfaltamento da rua Pedro de Medeiros. Giorgete Vilalva de Oliveira, presidente do bairro Dom Bosco, disse que a principal conquista da sua comunidade foi a Unidade Básica de Saúde Padre Ernesto Sassida.

 

O presidente do bairro Cravo Vermelho, Mauro Calonga, explicou que essa união estabelecida entre o Poder Executivo e as lideranças, é de extrema importância, e quem ganha é a população. Um avanço, conforme ele, fruto desse entrosamento é a reforma do Centro Comunitário do Cravo Vermelho que, depois de concluída, será também utilizada para serviços da Prefeitura Municipal. Outros avanços citados por ele foram as obras de drenagem do bairro, o lajotamento do Cravo 1 e 2 e a pavimentação da Rua Sete que acontece em 2015.

 

Miriam da Silva, presidente do bairro Jardim dos Estados, também falou da importância da relação ao que vem sendo estabelecido entre a sua região e a Prefeitura. Miriam citou casos como podas de árvores, limpeza e recuperação das vias (patrolamento e tapa buracos) e iluminação pública, que são atendidos quando solicitados.

 

Dentre as conquistas do Jardim dos Estados, a presidente falou da do Centro de Arte e Esporte Unificados que será entregue a população no início de 2015, bem como a conclusão do asfaltamento da Rua Pará que irá beneficiar sobretudo a comunidade da Escola Ângela Perez.

 

“O prefeito Paulo Duarte tem orientado aos seus secretários, o pronto atendimento aos anseios da população e que ouçam seus representantes”, disse Nilo Corrêa que, nesta reunião, reforçou a parceria entre a Prefeitura, por meio da Casa da Cidadania, e o movimento comunitário. “Esse espaço é o elo entre a prefeitura e o movimento. Estamos aqui à disposição de todos, ouvindo, encaminhando e acompanhando as demandas”, completou.

 

Ainda a pedido do prefeito, o subsecretário informou que irá dialogar com todos os secretários da gestão pública, visando abrir espaço nos CRAS, nas escolas, nos centros de Educação Infantil, para reuniões das lideranças com os moradores, onde não houver um centro comunitário. Ele finaliza que, em janeiro de 2015, um novo encontro já está agendado.