Prefeitura faz amanhã, a premiação da 2ª Olimpíada de Matemática

Será nesta terça-feira, 09, a solenidade de premiação da 2ª Olimpíada Municipal de Matemática e da XVII Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. A cerimônia está marcada para as 09 horas, na Unidade III da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campus Pantanal, no Porto Geral de Corumbá. A realização está a cargo da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação.

 

A Olimpíada Municipal de Matemática visa estimular o estudo da Matemática pelos alunos, bem como desenvolver e aperfeiçoar a capacitação dos professores, além de influenciar na melhoria do ensino.

 

O concurso foi dividido em quatro níveis, de acordo com a escolaridade do aluno. O primeiro nível é composto por alunos matriculados na 6ª série do Ensino Fundamental; o segundo por alunos da 7ª série; o terceiro por alunos da 8ª série, e o quarto por alunos da 9ª série. Os alunos desenvolveram provas escritas que foram realizadas em duas fases, sendo classificados para a última etapa, os dois melhores colocados de cada nível.

 

A comissão municipal da olimpíada foi composta por profissionais da Educação com proficiência na área. Serão premiados alunos, professores e a escola com melhor desempenho ao longo desse processo. Esta edição teve participação de 3.855 alunos.

 

Já a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é organizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira e pela Agência Espacial Brasileira, com recursos principalmente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

 

Tem por objetivos fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa, mobilizando num mutirão nacional, além dos próprios alunos, seus professores, coordenadores pedagógicos, diretores, pais e escolas, planetários, observatórios municipais e particulares, espaços, centros e museus de ciência, associações e clubes de Astronomia, astrônomos profissionais e amadores, e instituições voltadas às atividades aeroespaciais.

 

Dois alunos da Escola Municipal Cássio Leite de Barros, Luiz Miguel da Silva Alvarez, medalha de prata e Felipe Augusto de Lima Monteiro, também ganhador da medalha de prata, participaram da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica.