II Seminário do PNAIC capacitou 215 professores da Rede Pública

Realizado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Educação, o segundo Seminário do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), compromisso formalmente assumido em 2013 pelo Município para assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, foi concluído na noite desta quinta-feira, 4 de dezembro na Escola Municipal Izabel Correa de Oliveira.

 

A secretária municipal de Educação, Roseane Limoeiro, e o secretário de Governo, Márcio Cavasana, que na oportunidade representou o prefeito Paulo Duarte, participaram do encerramento da atividade, responsável pela capacitação de 215 professores alfabetizadores de toda Rede Pública de Ensino. Todos os profissionais receberam materiais didáticos, obras literárias e kits de apoio pedagógico.

 

O seminário oportunizou momentos de estudo, diálogo, reflexão e organização de uma prática pedagógica que privilegie a apropriação do conhecimento de alfabetizar letrando a escrita e a matemática. A capacitação contou ainda com as palestras das professoras Susilene Garcia da S. Oliveira e Franchys Marizethe Nascimento Santana, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) de Aquidauana.

 

Elas debateram os temas “Vivências e Práticas na Alfabetização Matemática” e “Práticas Pedagógicas no Ciclo de Alfabetização”, respectivamente. Antes, na quarta-feira, os educadores apresentaram 38 trabalhos divididos por eixos temáticos de acordo com as experiências de cada professor.

 

PNAIC

 

Ao aderir o Pacto Nacional, a Secretaria Municipal de Educação investiu na formação dos orientadores que recebem curso específico com duração de 200 horas por ano, ministrado pela UFMS. A formação também é assistida por uma Coordenação Municipal, que é responsável pela implementação e monitoramento das ações na rede e no SisPacto.

 

O Sistema de Monitoramento é disponibilizado pelo MEC e destinado a acompanhar e apoiar as redes garantindo a sua implementação nas diferentes etapas do Pacto. Dentro dessa perspectiva, o professor alfabetizador tem a função de auxiliar as crianças na formação para o bom exercício da cidadania, sem dúvida, uma das prioridades do Município.