Centro POP realiza Encontro de Natal e atende pessoas em situação de rua

Marcado para esta sexta-feira, 19, um Encontro de Natal voltado para as pessoas em situação de rua. O evento está sendo organizado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, e terá início às 11h30.

 

O evento está a cargo do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), e acontece na sede da instituição localizada na Rua Cuiabá nº 1.252, centro da cidade.

 

O Centro POP foi inaugurado dias atrás pelo prefeito Paulo Duarte com a proposta de ofertar atendimento àqueles que utilizam as ruas como espaço de moradia ou sobrevivência, com a finalidade de assegurar atendimento e atividades direcionadas para o desenvolvimento de sociabilidade, na perspectiva do fortalecimento de vínculos interpessoais e/ou familiares que oportunizem a construção de novos projetos de vida.

 

A unidade é mantida pela Secretaria de Assistência Social e realiza atendimento psicossocial, grupos, oficinas de trabalhos manuais, encaminhamentos para outras políticas públicas, além da abordagem social em vias públicas.

 

Em Corumbá, durante o ano de 2014, foram identificadas 220 pessoas em situação de rua. Destas, 74, encontram-se em acompanhamento pela equipe do Centro POP e 142 foram migrantes, trecheiros e/ou pessoas em trânsito, dentre eles os malabares e demais artistas de rua.

 

Destes atendimentos, 125 foram encaminhados para a Casa de Passagem “Albergue da Fraternidade”, quatro foram inseridas no mercado formal de trabalho, 78 foram encaminhados para tratamento de saúde no CAPS AD, CAPS Fragelli, Centro de Saúde João de Brito, além do Pronto Socorro e Centros de Saúde. Além disso, 36 foram beneficiados com segunda via de documentação básica (Certidão de Nascimento, RG, CPF e Carteira de Trabalho).

 

Diante desse quadro, as ações públicas para a população em situação de rua devem ter um caráter de conscientização, orientação no sentido de fortalecer as possibilidades para a reconstrução de projetos e trajetórias de vida que incluam a saída das ruas, bem como articulação com outras políticas públicas para o desenvolvimento de ações intersetoriais.

 

Nessa direção e em consonância com a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, o Centro POP está sendo um grande avanço no que se refere a execução de uma Política Pública eficiente no que tange a proteção social, e concretizado com a saída de 24 pessoas dessa condição, desde o início de suas atividades.