Arrecadação do Sino da Caridade atende 280 famílias com cestas básicas

Com mais de 3,7 toneladas de gêneros alimentícios arrecadados, o projeto “Sino da Caridade” está atendendo neste final de ano, um total de 280 famílias carentes de Corumbá, propiciando um Natal mais feliz para estas pessoas. A entrega das cestas aconteceu na manhã desta sexta-feira, 19, em solenidade realizada na Cidade Dom Bosco, instituição realizadora do projeto, que teve na Prefeitura de Corumbá, uma de suas grandes parceiras.

 

O projeto foi idealizado pelo fundador da Cidade Dom Bosco, o saudoso padre Ernesto Sassida, há mais de 40 anos, com o objetivo de ajudar as famílias carentes com alimentos no Natal. A campanha levou o nome de “Sino da Caridade”, por conta da divulgação que era feita com auxílio de dois sinos.

 

Este ano a campanha teve algumas mudanças e uma delas foi em relação à arrecadação dos alimentos. No passado, os grupos que participavam do projeto percorriam a cidade, fazendo um ‘arrastão’ não só no comércio, mas também nas residências das famílias corumbaenses.

 

Desta vez, a coordenação do projeto optou pela instalação de caixas de coletas solidárias nos estabelecimentos de ensino mantidos pelo Município e pelo Estado, e teve participação importante dos alunos de 26 instituições que participaram da arrecadação. Além disso, foi implantado o ‘Disque Sino’ que ficou à disposição da população de uma forma geral, que contribuiu bastante para arrecadação de mais de três toneladas de gêneros alimentícios.

 

A entrega das cestas básicas às famílias beneficiadas foi durante um ato esta manhã na Cidade Dom Bosco, uma das maiores obras sociais implantada na cidade pelo padre Ernesto Sassida. O evento contou com a participação do prefeito Paulo Duarte e foi coordenado pelo padre Amércio Resende de Oliveira, diretor da Cidade Dom Bosco. O subsecretário de Assistência Social e Cidadania, Nilo Corrêa, também participou do evento.

 

Paulo Duarte, no contato que teve com as famílias beneficiadas, lembrou que o projeto foi mais uma obra de grande valor, de extrema importância, “que o padre Ernesto Sassida nos deixou”. Segundo o prefeito, os gêneros alimentícios arrecadados garantem uma ceia farta para as pessoas atendidas.

 

“Sabemos que essas doações são um gesto de carinho com o próximo, por isso mesmo, cada vez mais, reforço a nossa parceria com a Cidade Dom Bosco. Um dos nossos objetivos dentro da Administração é fazer o bem para as pessoas e o Sino da Caridade tem tudo haver com isso”, celebrou Paulo Duarte.

 

O diretor da Cidade Dom Bosco, padre Amércio, destacou que o Sino da Caridade foi idealizado justamente com o objetivo de proporcionar uma mesa farta para as famílias mais necessitadas. “E este ano, pelo menos nesta época do ano, vocês terão uma mesa farta e linda, com a bênção e proteção Divina”, disse aos presentes.

 

A coordenadora do projeto Sino da Caridade, Ana Maria Hellensberger dos Santos, enalteceu a parceria estabelecida com a Prefeitura que, este ano, envolveu as escolas do Município. “Graças a isso, com a participação dos alunos, professores e familiares, arrecadamos 3.756 quilos de alimentos, e estas cestas básicas estão mais caprichadas com alimentos extras para agregar ainda mais a ceia dessas pessoas”, disse.

 

Ela também enalteceu aos benfeitores do projeto “que nunca deixaram de nos ajudar. Agradeço ao prefeito Paulo Duarte e as suas secretarias que nos ajudaram e muito, dando todo o apoio que precisamos. Com isso, este ano, conseguimos aumentar os nossos postos de coleta”, ressaltou.

 

Alzemira Martim Lemes, moradora do Loteamento Pantanal, foi uma das beneficiadas pelo projeto. “Esse é o segundo ano que recebo essa ajuda aqui e graças a essa cesta básica, minha família vai ter uma linda ceia de Natal e de ano novo”, celebrou.