Tilma conclui projeto Escola Extrema com vivência na modalidade de trilha

A prova Corrida de Trilha foi a novidade na segunda edição do Pantanal Extremo – Jogos de Aventura, encerrado no último domingo em Corumbá. A competição foi disputada por 300 atletas que cumpriram um percurso de 11 quilômetros, passando inclusive pela região ribeirinha da Baia do Tamengo.

 

E foi este trecho que 16 crianças da Municipal Experimental de Educação Integral Tilma Fernandes Veiga percorreram na manhã desta quarta-feira, 19, como parte da conclusão do projeto Escola Extrema, denominado Tilma ao Extremo, realizando pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e Fundação de Esportes de Crumbá.

 

E nem mesmo a chuva que caiu logo cedo atrapalhou os alunos e alunas que, logo após aquecimento, iniciaram a trilha passando pela Cacimba da Saúde, fazendo o contorno após o Bairro da Cervejaria, próximo ao Paço Municipal.

 

Foi a culminância do projeto desenvolvido durante os últimos dias na escola. O trabalho foi coordenado pelos professores Júlio César Leal de Arruda e Hellison Coelho. “O Pantanal Extremo foi encerrado no domingo, mas, aqui no Tilma, nós continuamos trabalhando os esportes de aventura”, disse Júlio César.

 

O professor comentou que, no último sábado, as crianças acompanharam a passagem dos atletas pela região da Cervejaria, que integrou o percurso da prova Corrida de Trilha do Pantanal Extremo. “Hoje eles estão realizando a trilha, fazendo parte do percurso do Pantanal Extremo. É muito importante para eles conhecerem e vivenciar o esporte”, disse Júlio César.

 

A professora Rosemeiry Assunção Alves Zozias de Lima, integrante da coordenação do projeto Escola Extrema, também participou da trilha, e elogiou a disposição dos alunos. Inclusive fez uma previsão: as crianças do Tilma são sérias candidatas ao título do Extreminho em 2015, na modalidade da Trilha. Ela também participou da prova de hoje pela manhã.

 

A largada foi debaixo de chuva, o que não tirou o ânimo das crianças. E, entre os 16 participantes, já tem aluno que se destaca no esporte de aventura: Ivan Rodrigue. Com apenas 14 anos e estudando a 9ª série, ele disse ter acompanhado de perto as competições do Pantanal Extremo e espera, no próximo ano, ter oportunidade de participar.

 

Hoje ele fez a trilha, mas sua especialidade é a Corrida de Orientação, esporte também integrante do Pantanal Extremo. “Já participei de prova da Corrida de Orientação no Paraná. Aqui, fiquei apenas olhando e deu vontade de participar. Quem sabe no ano que vem eu esteja lá, competindo”, disse Ivan, que já é um exemplo para as de mais crianças que participaram do Tilma ao Extremo.

 

O projeto foi desenvolvido como forma de inserir na escola a prática de esportes de aventura, buscando a diversificação das aulas, renovando, recriando e aprimorando conceitos e conteúdos, dinamizando assim o processo de ensino aprendizagem do aluno e contribuindo para a sua formação.

 

Rosemeiry Zozias comentou que o projeto Escola Extrema apresentou resultados excelentes. “Foram desenvolvidos cerca de 20 projetos envolvendo as sete modalidades contempladas pelo Pantanal Extremo, e isto permitiu envolver os alunos da Rede Municipal. No ano que vem, com certeza, estas crianças estarão presentes, competindo no Extreminho”, celebrou.