“Sorriso nas Escolas” promove triagens em estudantes para tratamento bucal

Depois de orientar os estudantes sobre a importância da saúde bucal, o projeto Sorriso nas Escolas, volta à escola municipal Tilma Fernandes Veiga, no bairro Cervejaria, para mais uma etapa de atividades. Nesta segunda-feira, 10 de novembro, uma equipe formada por duas cirurgiãs-dentistas e dois técnicos em saúde bucal, realizaram a triagem dos alunos matriculados na unidade de educação.

 

A avaliação é feita individualmente em cada estudante, que tem toda a estrutura da boca analisada, envolvendo dentes, gengiva e língua. Conforme os profissionais detectam algum problema, o aluno recebe um encaminhamento para o tratamento necessário na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) mais próxima de sua residência.

 

Todo o procedimento recebe a autorização dos pais ou responsáveis que são parte importante para que as ações do projeto tenham sucesso, já que cabe a eles a tarefa de encaminhar os estudantes até as unidades de saúde. Com isso, além do menor ser assistido quanto à saúde bucal, os pais acabam se envolvendo e despertando para a importância do cuidado dessa parte tão primordial do corpo humano.

 

“O projeto atinge diretamente a criança e o adolescente, porém visa também chegar à família, despertando a consciência desse cuidado que deve, sobretudo, estar dentro das casas. Se os pais não acham necessários, positivos esses cuidados e acompanhamentos com o dentista, a criança, naturalmente, não irá adotá-los como hábitos”, comentou o coordenador de Saúde Bucal de Corumbá, Cláudio Alencar.

 

Na escola Tilma Fernandes, onde o turno é integral, serão cerca de 300 alunos avaliados pela triagem que continuará durante esta semana. Para o sucesso das triagens, a cirurgiã-dentista Célia Caroline de Oliveira, coordenadora do projeto Sorriso nas Escolas, explicou o papel fundamental da ação de conscientização realizada anteriormente na mesma escola.

 

“Com o momento anterior quando trouxemos o teatro, conversamos com os estudantes, a gente consegue tirar o receio deles, criar um vínculo de confiança para essa etapa da triagem quando teremos eles sob nossa observação detalhada de toda boca, pois ainda há o temor do dentista”, diz ao lembrar da apresentação teatral lúdica sobre a importância da escovação e da distribuição de escovas dentárias realizada no dia 29 de outubro.

 

Mesmo no início das avaliações já foi possível perceber qual deve ser o problema mais recorrente. Célia comenta que ainda a cárie predomina com uma incidência maior dentre os problemas bucais e, devido a ela, algumas perdas de dentes permanentes.

 

Ela orienta ainda que não é apenas o aspecto estético que sofre com a perda de um dente, mas o fisiológico com uma mastigação ineficaz, problemas de articulação da arcada que afetam a fala e até mesmo complicações cardíacas.

 

Após os encaminhamentos, o trabalho da equipe do projeto Sorriso nas Escolas não termina. Ela retorna às escolas e, dependendo do caso, vai até mesmo à casa do estudante para fazer o acompanhamento, garantindo assim o cuidado constante com a saúde bucal, preocupação do prefeito Paulo Duarte que estimulou a criação do projeto Sorriso nas Escolas.

 

O projeto prevê resultados de médio e longo prazos e tem em seu cronograma atingir todas as escolas da rede municipal na área urbana. Depois, a intenção é seguir para as localizadas na zona rural, contemplando assim todas as unidades educacionais do município.