Prefeitura capacita cuidadores e auxiliares de Casa de Acolhimento

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, por meio da Equipe de Reinserção Familiar, e após o reordenamento (adequações administrativas, físicas e técnicas) dos serviços de Acolhimento Institucional – Abrigos de crianças e adolescentes irão promover o I Encontro para Cuidadores e Auxiliares de Casas de Acolhimentos de Corumbá e Ladário. O evento acontecerá no Auditório do Fórum no dia 27/11/2014 às 13H30 tendo como palestrante o Defensor Dr. Carlos Eduardo Oliveira de Souza, representando a Defensoria Pública, instituição integrante do Sistema de Garantia de Direito.

 

Atualmente nosso município conta com dois abrigos governamentais, sendo um para crianças de 06 anos a 11 anos, e outro para adolescentes de 12 anos a 17 anos e 11 meses. Conta ainda com o abrigo para bebês, sendo uma organização não governamental atendendo a faixa etária de 00 a 05 anos. Nossa vizinha Ladário conta com um abrigo, atendendo todas as idades.

 

As Casas de Acolhimento atendem crianças e adolescentes que tiveram seus direitos violados, por motivo de abandono, negligência, violência, maus tratos, abuso e/ou exploração sexual. A Política de Assistência Social, através dos abrigos ofertam proteção social as crianças vitimizadas, sendo uma medida de proteção, de caráter provisório e excepcional, conforme as legislações atuais (ECA – Estatuto da Criança e Adolescentes).

 

O evento visa enfatizar a importância desses trabalhadores em um momento tão complexo e difícil na vida das crianças e adolescentes, assim como refletir na responsabilidade do serviço de acolhimento institucional. Diante das particularidades que o serviço exige, dar suporte e abrir espaço para discussão do fazer dos educadores e auxiliares envolvidos no processo de acolhimento, percebendo a falta da família e o quanto a Instituição pode, temporariamente, fazer o papel desta.

 

Diante dessa complexidade, e com a preocupação em ofertar um serviço qualificado e eficaz no atendimento desse público, a Prefeitura promove esse primeiro encontro, que será um momento impar de troca de experiências entre as equipes técnicas, educadores sociais e auxiliares, dos abrigos governamentais e não governamentais (ONG) da região do Pantanal.