Homenageado, prefeito destaca valores e cidadania em encontro de jovens

Pelo apoio prestado às ações ao Clube de Desbravadores, o prefeito municipal de Corumbá, Paulo Duarte, foi homenageado por dezenas de crianças e adolescentes que estão participando, neste final de semana, de um acampamento na Fazenda Band’alta, na região da Estrada Parque.

 

Durante o campori, como é chamado o acampamento que reúne nove clubes da Região Oeste A (Corumbá e Ladário), os participantes passam por treinamento, competições e momentos de reflexão. O campori está reunindo cerca de 150 jovens dos 200 que integram os clubes da região.

 

Dentre os símbolos utilizados pelos desbravadores, está o lenço amarelo em formato triangular que representa os três pilares (físico, mental e espiritual) trabalhados pelos grupos. O prefeito recebeu o acessório e o usou durante todo o tempo que permaneceu no acampamento.

 

Ao dirigir suas palavras aos jovens, Paulo Duarte contou sobre sua trajetória de vida, a importância da convivência em grupo, o respeito às diferenças e pediu a participação efetiva dos jovens para a formação de uma sociedade melhor, a começar pelo município.

 

“Parabenizar vocês não apenas por desenvolver o trabalho dos três pilares (mental, físico e espiritual), mas o trabalho de viver em grupo, respeitar um ao outro. A convivência entre nós é muito importante, o respeito às diferenças, ao pensamento diferente do nosso. É importante vocês, jovens, reivindicar, mas também participar da vida da cidade, o olhar crítico, ver o que está acontecendo. Além de cobrar que a cidade seja melhor, que haja a participação de vocês, o entendimento, o discernimento do que é ser cidadão de verdade, pois a nossa cidade depende de todos”, disse o chefe do Executivo que continuou.

 

“O espírito jovem é aquele que sempre quer aprender, empreender, tem sonhos, mas a gente precisa trabalhar para ele acontecer. No nosso país, não existe mais aquela história de quem nascem em berço de ouro é que vai se dar bem na vida. Temos vários exemplos de pessoas que vieram da camada mais baixa e conseguiram conquistar seus sonhos. A dificuldade deve ser vista sempre como oportunidade. Todas as dificuldades que tive na vida, na época reclamava, mas, hoje, agradeço a Deus porque com elas eu aprendi. E valorizar também as minhas origens. Se, hoje, sou prefeito, eu nunca me esqueço de onde eu vim que foi uma família humilde”, destacou Duarte que encerrou seu discurso ao jovens lembrando de como é necessário ser grato pelo dom da vida.

 

“Admiro muito esse trabalho que vocês fazem: incentivar a prática do esporte, cuidar da mente e do espírito, saber que tem um Deus maior que é quem comanda tudo. Isso é importante que todos nós saibamos desde cedo. Todos que estamos nessa Terra e dependemos de um ser maior que controla o universo e nos dá oportunidade da vida, acordar todo dia e ter a vida, saúde, a família, a perspectiva de família, de um trabalho”, finalizou.

 

Paulo Duarte ainda recebeu um o Certificado de Super Amigo da Região e um cesta de livros das mãos de dois representantes dos jovens presentes no evento. Ele aproveitou para conhecer as salas onde aconteciam os treinamentos, a região do acampamento e também a cozinha onde voluntárias já preparavam o almoço do grande grupo.

 

Jeferson de Pinho Braga, distrital dos Desbravadores, frisou que a presença do prefeito em um acampamento de Desbravadores na região foi algo inédito e isso só foi devido ao acesso que Paulo Duarte permite ao cidadão.

 

“Eu tenho prazer de anunciar que temos um prefeito dentro de nosso acampamento. Isso é motivo de orgulho, de motivação. A presença do senhor significa muito para os voluntários que trabalham o ano todo em prol dessa gurizada. Durante o ano todo o senhor apoiou não apenas como material, não deu dinheiro, coisa que vemos várias vezes as instituições pedirem, mas com motivação, com a presença. Sempre que fomos lá tivemos as portas abertas”, disse.

 

O Clube de Desbravadores está presente em mais de 160 países, com 90.000 sedes e mais de dois milhões de participantes. Existem oficialmente desde 1950, como um programa oficial da Igreja Adventista do 7º Dia. Apesar de mantido por uma igreja, pertencer a ela não é requisito para integrar algum dos clubes espalhados em vários bairros de Corumbá e Ladário.