Giovanna é a primeira da Maratona Aquática Amadora no Pantanal Extremo

O Pantanal Extremo movimentou Corumbá desde a última quinta-feira e, neste domingo, 16 de novembro, foi à vez da prova de Maratona Aquática Amadora de mil metros, realizada na prainha do Porto Geral, que teve atletas nas categorias mirim, juvenil e adulto.

 

A bicampeã Giovanna Yamashita, 14 anos, foi a primeira atleta a cruzar a linha de chegada. A atleta campo-grandense participa pela segunda vez da competição de natação do Pantanal Extremo.

 

“Esta é minha segunda vitória aqui no Pantanal Extremo, Este ano eu passei um pouco da chegada e essa foi a dificuldade, pois a correnteza esta muito forte e voltar exigiu muito da gente”, disse Giovanna, vencedora da categoria juvenil feminina de 14 à 15 anos.

 

Em segundo, na mesma categoria, ficou Alice da Silva Freitas de Oliveira, que participa pela primeira de uma competição em rio.

 

“Nadar no rio não foi muito difícil, o duro são os bichos. Eu pelo menos vi um ‘troço’ preto passando debaixo de mim, o que era não sei e nem pretendo saber o que era. Fora isso foi tranquilo. O problema foi também a correnteza.  Também passei um pouco da chegada”, disse Alice.

 

Na categoria masculina o primeiro lugar foi do Mateus Eduardo Rezende de Almeida Silva, campo-grandense que participou pela primeira vez e teve que vencer o medo dos bichos do Pantanal.

 

“Nunca nadei no rio e eu acho que o meu maior empecilho foi o medo dos bichos que existem aqui, no Pantanal que eu poderia encontrar pelo percurso, mas graças a Deus, foi tudo tranquilo e eu consegui fazer uma boa prova”, disse, mandando um recado: “no ano que vem estamos aqui de novo”.