Escola Nathércia dos Santos vence concurso de bandas de percussão

Conhecidas popularmente como “fanfarras”, as bandas de percussão são uma tradição em escolas de Corumbá e Ladário e atraíram um grande público até ao Centro Popular de Cultura, Esporte e Lazer Nação Guató, na tarde deste sábado, 1º de novembro, onde foi realizada a 16ª edição do Concurso de Banda de Percussão.

 

Promovido pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação de Cultura e da Secretaria Municipal de Educação, o evento premiou as melhores corporações tanto em aspectos musicais como coreográficos, além de regentes e balizas que se destacaram nas apresentações que foram formadas pela execução de duas canções por cada entidade competidora.

 

Ao todo disputaram o título do concurso, 14 bandas de escolas públicas de Corumbá e Ladário que foram avaliadas por um corpo de jurados formados por profissionais músicos e bailarinos. A competição se dividiu em duas categorias: júnior e sênior.

 

A concorrência se acirrou na categoria sênior que recebeu o maior número de inscrições, oito, ao total, e onde as corporações formadas por um público adolescente procurou se superar em seis aspectos musicais (repertório; melodia; precisão rítmica; técnica instrumental, afinação e conjunto) e coreográficos (uniformidade, marcha e alinhamento, garbo e criatividade).

 

Márcia Rolon, vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, observou aspecto importante que o concurso desperta nesses estudantes que se empenham por meses para a apresentação. “É importante não somente pela parte artística, mas acredito ainda mais nesse sentimento de pertença. Eu pertenço a esse grupo, a essa escola, então essa autoestima, essa união, que acontece com eles durante um grande período de ensaio, de sair na rua com a camiseta, chegando aqui todos lindos e arrumados. Eu estar carregando o nome da minha escola e da minha cidade no peito é o mais bonito de tudo”, disse.

 

Roseane Limoeiro, secretaria municipal de Educação, lembrou ainda que essa convivência constante dos integrantes de cada banda ensina valores importantes na vida do cidadão de forma mais intensa e contínua. “Eles adoram o concurso e vemos o quanto se dedicam ao longo de meses para esse momento e tudo o que vem embutido nisso é o respeito, a ordem, a disciplina. A música como elemento de pacificação, de respeito e solidariedade, além da confraternização entre as bandas. A gente vê o quanto nossos alunos estão felizes, a para a gente, a felicidade dos nossos alunos é tudo”, avaliou.

 

Vocação para arte


O prefeito Paulo Duarte fez questão de prestigiar o evento e comentou sobre a qualidade das apresentações ao citar uma característica bastante expressiva do povo corumbaense. “No dia do desfile (de aniversário da cidade), acaba que se mistura tudo na avenida. Agora, aqui vendo mais de perto, num momento exclusivo para as bandas, é muito legal perceber essa vocação natural do povo de Corumbá para a arte e para cultura. Tem algumas coisas em Corumbá que são só daqui. Você não consegue reunir em cidade nenhuma um público como esse num dia quente para ver essa tradição, algo muito natural da nossa cidade incentivado pela Fundação de Cultura e pela Secretaria de Educação.”, falou.

 

Ele também destacou o grande público atraído pelo evento e adiantou uma boa notícia para o público da cidade com vistas ao próximo concurso que será realizado em 2015. “É algo muito legal que a gente quer que cresça cada vez mais e com um detalhe importante: ano que vem, o concurso será num dos melhores ginásios poliesportivos mais bem equipados depois de sua reforma, que é o Lucílio de Medeiros, na rua Porto Carrero. Lá será um ambiente mais adequado até porque cabem 1655 pessoas sentadas, pois instalamos cadeiras, não são mais arquibancadas, portanto, teremos mais essa novidade, um local com mais conforto tanto para os alunos e famílias que vem prestigiar esse belo evento”, anunciou.

 

Campeões


O resultado foi anunciado num clima de expectativa dos integrantes das bandas e de suas torcidas. Na categoria Júnior, o título de campeã foi para a escola estadual Carlos de Castro Brazil, que obteve 88 pontos. Em segundo lugar, ficou a escola municipal Clío Proença, com 83,9 pontos e, em terceiro, a escola municipal Caic Padre Ernesto Sassida, com 80 pontos. Como melhor regente, premiou-se Rudney Corrêa do Nascimento, também da escola campeã Carlos de Castro Brazil, e a melhor baliza foi da escola municipal Clío Proença.

 

O melhor regente da categoria Júnior, Rudney Correia de Silva, contou a evolução que a banda vem tendo ao longo dos concursos. “É uma sensação de dever cumprido. Graças a Deus, a gente conseguiu alcançar nossos objetivos e colher os frutos agora. Eu trabalho com uma categoria que é muito difícil, envolvendo crianças de 8 a 14 anos. Ensaiamos de segunda a sexta, duas horas por dia, faça chuva ou faça sol. Desde 2012, a gente vem subindo, já levamos o quarto lugar, o terceiro e, agora, o título de campeão”, disse.

 

Na categoria Sênior, três escolas municipais e uma estadual dividiram as premiações entregues aos melhores colocados em aspectos musicais e coreográficos. Na parte musical, a escola estadual Nathércia Pompeu dos Santos, levou o troféu de primeiro colocado, seguido da escola municipal Barão do Rio Branco, em segundo, e da escola municipal Ângela Maria Perez, em terceiro. Coreograficamente, as escolas Nethérica Pompeo dos Santos e Barão do Rio Branco repetiram a colocação do aspecto musical, mantendo-se, respectivamente, como campeã e vice-campeã. A terceira colocação é que teve novo nome: a escola municipal Izabel Correa de Oliveira.

 

A melhor baliza foi apara a escola municipal Ângela Maria Perez e o melhor regente para a escola municipal Izabel Correa de Olveira. Já a campeã geral da competição, com 89,3 pontos, foi a escola estadual Nathércia Pompeo dos Santos. “Ensaiamos todos os dias, na semana do concurso, batalhamos muito para conseguir esse título hoje, nossa emoção, é uma alegria imensa e viemos querendo o título”, falou Franciele Sampaio Ramalho, que toca prato na banda campeã deste ano.

 

Participaram também do concurso, representando Corumbá: Escola Municipal Fernando de Barros, Escola Municipal Cássio Leite de Barros e Escola Estadual Octacílio Faustino da Silva. De Ladário, competiram: projeto PETI, Escola Municipal João Batista, Escola Municipal Francisco Mendes Sampaio e Escola Municipal 17 de Março.