Daiane dos Santos fala de poder transformador do esporte com professores da Reme

Oportunizada pela Prefeitura Municipal de Corumbá, a troca de experiências entre a ex-ginasta da Seleção Olímpica Brasileira, Daiane dos Santos, e professores de Educação Física da Rede Municipal de Ensino, teve como foco o poder transformador do esporte na vida de crianças e adolescentes.

 

Daiane, que teve o talento para a área esportiva descoberto por uma professora enquanto brincava num dos brinquedos do parquinho da escola onde estudava em Porto Alegre, ressaltou a importância do olhar atento do profissional de Educação Física.

 

“Fui convidada por essa professora a freqüentar as aulas de ginástica e encarava o início como uma grande brincadeira, fui perceber que queria o esporte para minha vida quando ingressei num clube e participei da primeira grande competição internacional”, conta a gaúcha que, hoje, se dedica ao projeto social Brasileirinhos na baixada fluminense.

 

Ela compartilhou com os professores as experiências vividas durante o desenvolvimento do projeto e aquele que considera um dos grandes desafios das ações realizadas, o que, ao mesmo tempo, enobrece o esporte, pois não o valoriza apenas pela vertente competitiva.

 

“A gente tem uma filosofia que o esporte pode transformar vidas e educar as crianças. Estamos vivendo uma fase onde temos muita violência, estamos lutando contra as drogas e penso que o esporte é uma saída, principalmente, se ele for ligado com a Educação, ele pode realmente canalizar essa energia das crianças dentro de uma boa qualidade de vida com a atividade física”, disse.

 

Com uma postura de interação, a palestra se transformou, em determinado momento, num bate-papo onde os professores puderam perguntar à ex-atleta sobre como trabalhar o nervosismo dos atletas durante as competições, como vencer o preconceito que ainda persiste nos meninos em praticarem a ginástica olímpica, bem como métodos de treinamento e incentivo à prática esportiva.

 

Daiane, que está em contato intenso com a população de Corumbá, desde sua chegada na cidade, não deixa de atender um pedido para as fotos e percebeu o gosto do corumbaense pelo esporte que é, cada vez mais, incentivado por ações da Prefeitura Municipal.

 

“Estou encantada com o trabalho da Prefeitura, da Fundação de Esportes e penso que o prefeito Paulo está muito engajado no esporte. Ele, assim como a gente, acredita que o esporte pode transformar e salvar vidas. Pelo o que vi, Corumbá é uma cidade muito ativa, ontem, o complexo esportivo estava muito cheio, as pessoas praticando atividade física. Já vi alguns projetos muitos bons realizados aqui e são coisas que me deixam feliz, não apenas por ter sido atleta, mas como profissional de Educação Física”, declarou.

 

Esporte como prioridade

 

O prefeito Paulo Duarte que apresentou a atleta, no início da palestra, para os professores afirmou que, desde o início de sua gestão, vem dando atenção especial ao esporte, área que pretende deixar como uma das marcas de sua administração e citou ações que reforçam essa intenção.

 

“Eu quero ter o esporte como algo prioritário no meu mandato. Nesses dois anos iniciais do meu mandato, me dediquei a recuperar alguns espaços como o Ginásio Poliesportivo, a concluir outros como o CEU (Centro de Esporte e Arte Unificado) e a iniciar outros como o CIE (Centro de Iniciação ao Esporte), então penso que estamos com bons equipamentos e, agora, a gente precisa ter projetos, conversar, ouvir ela (Daiane) que foi uma grande atleta e tem formação e conhecimento da área. Tem experiência dentro, como competidora, e fora, como profissional de Educação Física”, disse.

 

Duarte afirmou também que, ainda este ano, deverão ser elaboradas projeções para o futuro na área esportiva, principalmente dentro da ambiente escolar, e sugeriu a criação de um fórum onde sejam debatidas temáticas e elaboradas diretrizes para a difusão e democratização do esporte.

 

“Não adianta ter os espaços, temos que saber ocupá-los com projetos onde vocês participem ativamente, queremos ter contato com vocês e ouvi-los e, não querendo ser saudosista, recuperar aqueles tempos quando Corumbá formava grandes atletas em todas as modalidades. Eu, particularmente, sou um cara que gosta de esporte e temos que colocar na cabeça das crianças a importância do esporte na vida da gente. Precisamos sentar e conversar a utilização desses espaços, o esporte na escola, como faremos para fortalecer isso. Precisamos, dentro da Secretaria de Educação, criar um fórum e dar sequência a tudo o que já fizemos”, falou.