Canoagem do Pantanal Extremo confirma favoritismo de paranaenses

A prova de canoagem foi o destaque da manhã deste sábado em Corumbá, na segunda edição do Pantanal Extremo. E como era de se esperar, consagrou mais uma vez atletas considerados de primeira linha, com passagens pela seleção brasileira de canoagem e com participação em competições internacionais no currículo.

 

A prova foi disputada em uma distância de 30 quilômetros, com largada na região do Tuiuiu e chegada na prainha do Porto Geral. O grande destaque foi o paranaense de Ribeirão Claro Leandro do Prado Correa, de 31 anos. Ele foi o primeiro a cumprir o percurso, conquistando o título de campeão geral. Foi seguido por dois outros paranaenses, também de Ribeirão Claro, Eduardo Schuh Fagundes e Bruno Aparecido Santiago, também atletas de nível internacional.

 

Leandro Correa foi recebido na chegada pelo prefeito Paulo Duarte que, após abrir a campanha de vacinação contra a poliomielite, desceu para o Porto Geral, para acompanhar a chegada dos atletas. Antes, porém, acompanhou parte da corrida de trilha.

 

No encontro com Duarte, Leandro confidenciou ao prefeito que esta foi a segunda vez que competiu em Corumbá. “Na primeira não consegui cumprir o trajeto. Fiz apenas 10 quilômetros e não deu mais. Cheguei aqui em uma embarcação da Marinha. Agora consegui fazer todo o percurso e conquistar esta vitória”, falou.

 

A prova que o campeão se referiu foi a edição de estreia dos Jogos Internacionais de Aventura do Pantanal, realizado pelo Governo do Estado quando administrado por Zeca do PT. Na época, o prefeito Paulo Duarte era secretário da equipe de Zeca.

 

“Desta vez consegui fazer todo o percurso e terminar em primeiro”, comemorou. Leandro confidenciou ainda que a prova foi muito difícil. “O próprio percurso e o sol forte, muito calor, dificultaram bastante. Mas consegui superar. Passei até por alguns animais que estavam dentro d’água que começaram a ‘berrar’. Mas o maior desafio mesmo foi o percurso e o calor. Estamos acostumado a fazer este tipo e prova, mas com aportagem. Aqui foi direto”, disse, se sentindo bastante cansado.

 

Seus dois companheiros de equipe também estavam eufórico. Eduardo Fagundes e Bruno Santiago chegaram logo em seguida e comemoraram a conquista ao lado de Leandro. Eles ganharam a disputa na categoria K1 Senior.

 

A festa dos paranaenses se completou com a conquista de Wanger Jr. Sota e Juliano Darlan na categoria 4.5 Senior. Os dois também afirmaram que os maiores desafios foi o próprio Rio Paraguai e o sol forte (calor). Juliano Darlan afirmou que tinha vindo para Corumbá para conquistar o tricampeonato. “Ganhei as duas provas que disputei anteriores a esta. Agora fiquei em segundo, mas tá de bom tamanho, o Wagner foi o campeão”, celebrou, abraçando o amigo. Os dois são de cascavel e Wagner Sota, que é integrante da seleção brasileira, também comentou a dificuldade do percurso e o forte calor.

 

A prova contou com a participação de 42 atletas e foi disputada em quatro categorias: k1 Sénior, 4.5 Sénior, K1 Master e 4.5 Master. Entre os participantes, dois corumbaenses, Oscar Martinez, cirurgião dentista radicado em Campo Grande hoje, e Orlando Inácio da Silva, que reside na cidade. Os dois ficaram na sexta posição no 4.5 Sénior e 4.5 Master, respectivamente.

 

O prefeito Paulo Duarte acompanhou a chegada dos atletas e comentou que, o Pantanal Extremo – Jogos de Aventura, está crescendo e trazendo atletas de nível internacional. “Importante tudo que estamos presenciando nestes últimos dias. Mostra que o Pantanal Extremo já é a maior competição de esportes radicais do Estado e vamos procurar crescer ainda mais nos próximo anos”, disse. O prefeito, este ano, vai inclusive participar de uma das competições, o Stand Up Paddle que está marcado para o domingo pela manhã e cumprirá o mesmo percurso da canoagem, da Baía do Tuiuiú até a prainha do Porto Geral.

 

Resultados

 

Na canoagem, os cinco melhores de cada categoria foram os seguintes: K1 Sénior – Leandro do Prado Correa em primeiro; Eduardo Schuh Fagundes em segundo; Bruno Santiago em terceiro; Pedro Paulo nascimento Gonçalves em quarto, e João Pedro da Silva em quinto.

 

4.5 Sénior: Wagner Jr. Sota em primeiro; Juliano Darlan em segundo; Gustavo Figueiredo em terceiro; Rafael Giroto em quarto, e Miguel Mulin em quinto.

 

K1 Master: Patrick Pisoni em primeiro; Admir Arantes em segundo; Nildo Nelis em terceiro, Eder Túlio em quarto, e Erivelto Lima em quinto. Patrick e Nildo Nelis são para-atletas. Patrick é inclusive atleta de nível internacional.

 

4.5 Master: Lauro César em primeiro, Nilton Benites em segundo; Wilson Hiroshi em terceiro; Gilson Silva em quarto, e Sérgio Gonçalves em quinto.