Academia de Musica realiza recital didático em encerramento de semestre

A Academia Municipal de Música Manoel Florêncio realizou na noite de sábado, 22 de novembro, um recital didático que marcou o encerramento do semestre. O evento aconteceu na sede da instituição e foi marcado por uma miscigenação de ritmos do clássico, ao popular até o rudimentar.

 

A apresentação fez também uma homenagem a Heloísa Helena da Costa Urt (Helô), grande incentivadora da cultura pantaneira, falecida em 23 de novembro de 2011. A diretora-presidente da Fundação Cultura, Márcia Rolon, lembrou com carinho da grande lutadora pela cultura.

 

“É com muito carinho e emoção que hoje, no Dia do Músico, fazemos esse recital em homenagem a Helô, grande mulher que sempre lutou em favor da cultura”, disse, lembrando o workshop de dança realizado no domingo. “E na outra semana realizaremos uma missa em homenagem a essa grande guerreira”, completou.

 

Durante o recital, os 180 alunos da academia mostraram o resultado do trabalho desenvolvido na Academia com instrumentos como flauta doce e transversal, violões e percussão popular, além da apresentação dos corais juvenil, adulto e infantil. Além de lembrar Helô Urt, o recital permitiu também homenagear o grande poeta Manoel de Barros.

 

A coordenadora da academia de musica, Gisley Monteiro, lembrou que essa apresentação inicial realizada para os pais, serviu para alunos perderem o medo das apresentações.

 

“Como temos alunos que começaram há pouco tempo e sabemos que existe o medo de se apresentar na maioria deles, resolvemos fazer essa apresentação aqui, na nossa casa e para os pais, para que eles já comecem a se acostumar com as apresentações para o grande público que farão no futuro”, disse Gisley.

 

O gerente de Fomento e Divisão Cultural da Fundação de Cultura de Corumbá, José Antônio Garcia, o Tanabi, lembrou que a apresentou foi o “resultado do trabalho dos professores desenvolvidos ao longo do ano, trabalho este de lapidar essas pedras preciosas que temos aqui na nossa Academia de Música. São alunos que chegaram aqui sem conhecer nenhum instrumento e, hoje, sabem ler até as partituras”.

 

Durante a apresentação os alunos receberam um diploma de reconhecimento, a partir de uma avaliação teórica e prática desenvolvida durante os dois semestres.