Encontro de Turismo consolida parcerias para formatar roteiros integrados

Na manhã da última quarta-feira, 22 de outubro, a Prefeitura Municipal de Corumbá, por meio da Fundação de Turismo do Pantanal, junto a FUNDTUR/MS – Fundação de Turismo do Estado do Mato Grosso do Sul, SEPROTUR/MS, SEBRAE/Pantanal, OGD – Organizacion Y Gestion Del Destino Santa Cruz, FTE – Fundacion Trabajo Y Empresa, FECOMÉRCIO/Camara Empresarial de Turismo, Câmara de Vereadores do Município de San José de Chiquitos /Bolívia, Prefeitura Municipal de Puerto Quijarro/Bolívia e Diretoria de Turismo do Município de Roboré deram início a novas parcerias em projetos de formatação de roteiros integrados, durante a realização do II Encontro de Fronteira de Corumbá.

 

O encontro marcou o início da primeira fase do programa “Turismo de Fronteira Integra”, que tem como objetivo formatar roteiros turísticos integrados entre os municípios fronteiriços do Brasil e Bolívia, visando ampliar a oferta de produtos turísticos nos mercados nacional e internacional.

 

De acordo com a diretora-presidente da Fundação de Turismo do Pantanal, Hélènemarie Dias Fernandes, os dois países devem trabalhar em parceria para aumentar o fluxo e a permanência do turista nacional e estrangeiro tanto em Corumbá, quanto nos municípios de fronteira bolivianos. “Precisamos avançar, temos um grande potencial de crescimento, já concretizamos a rodovia que nos liga a Santa Cruz de la Sierra, com acesso à região turística de ‘La Gran Chiquitania’, o que permite um cenário positivo para idealização e concretização de novas rotas turísticas, o que certamente terá importância fundamental para o desenvolvimento do turismo entre os dois países e também para o incremento das relações comerciais do turismo”.

 

Para organização e adiantamento do programa “Turismo de Fronteira Integra”, foi criado o Comitê Gestor de Promoção do Turismo de Fronteira. Compõe o comitê os municípios fronteiriços de Corumbá, Puerto Suarez, Puerto Quijarro, Roboré e os pertencentes a região de La Gran Chiquitania, compostos pelos Portões de entrada de Campo Grande/Mato Grosso do Sul (BRA) e Santa Cruz de la Sierra (BOL).

 

Também já foram firmados quais segmentos turísticos serão trabalhados por cada localidade, para tornar os roteiros das Rotas Turísticas diversificados e atrativos. A intenção do grupo não é trabalhar com Planos de Turismo Integrados, e sim otimizar o que já vem sendo comercializado, se adequando a tendência mundial, em que cerca de 80% das viagens de turistas no mundo ocorrem dentro do mesmo continente, através de roteiros integrados entre países.

 

O calendário de eventos alavancadores de fluxo turístico da fronteira também foi definido para compor os roteiros, serão determinantes para criar mais atração para as rotas, evitando competição entre municípios com datas que dividam o público e a clientela das rotas.

 

Novo encontro já está agendado para o próximo dia 05 de novembro, que ocorrerá em Puerto Quijarro. A intenção é intensificar as ações de planejamento para promoção e incentivo à comercialização conjunta, em parceria com os governos do Brasil e da Bolívia. Com esta nova agenda, serão iniciadas a composição dos roteiros, definição dos nomes das rotas que serão comercializadas e a data para realização do primeiro intercâmbio de experiências entre os municípios, que culminará no posterior ajuste e validação dos roteiros junto aos agentes e operadores turísticos e consequente decisão do formato da promoção conjunta do Turismo de Fronteira Brasil e Bolívia. “Queremos trabalhar num mercado suplementar, que una os destinos, que ofereçam ao turista atrativos consolidados de cultura, compras, pesca esportiva e ecoturismo”, revelou a presidente da Fundação de Turismo de Corumbá.