Dez crianças são premiadas pelo Projeto à procura dos Pequenos Heróis

Solenidade realizada na tarde da sexta-feira, 17, marcou a festa de premiação do Projeto à procura dos Pequenos Heróis, uma realização do Centro Padre Ernesto de Promoção Humana e Ambiental (Cenper), em parceria com a Prefeitura de Corumbá. O ato aconteceu no ginásio de esportes da Cidade Dom Bosco e marcou a entrega de medalhas e outros prêmios a 20 crianças que se destacaram em ações exemplares.

 

A festa contou com a presença do prefeito Paulo Duarte que relembrou o início desse projeto criado pelo saudoso padre Ernesto Sassida, com participação de crianças das escolas das redes Municipal, Estadual e Particular de ensino, como forma de incentivar a prática de boas ações em benefício da comunidade.

 

Este ano, o projeto contou com a participação de 1.118 crianças inscritas e culminou com a premiação de 20 delas que receberam medalhas (10), e outros prêmios como celulares, bicicletas e playstation, as outras 10.

 

O diretor da Cidade Dom Bosco, padre Amércio Rezende de Oliveira, agradeceu a presença de todos e citou que é muito importante ver o empenho dos alunos que participaram e contaram um pouco da sua história.

 

“É muito bom que esses nossos pequenos heróis, ainda seguem os ensinamentos do nosso padre Ernesto Sassida, e apresentam como características nos seus textos, a solidariedade, altruísmo, respeito e amor ao próximo, coisas que o padre pregava muito”, disse.

 

Para o prefeito Paulo Duarte é muito bom ver que essas crianças ainda têm atitudes boas e de respeito ao próximo. “A história do Daniel (vencedor) além de demonstrar uma boa ação, mostra maturidade e tranquilidade de um menino de 12 anos, um legado que o padre Ernesto Sassida nos deixou para que possamos nos lembrar sempre”, comentou, destacando que a instituição “sempre terá o nosso apoio”, mantendo viva a memória do padre Ernesto.

 

O primeiro colocado este ano foi o aluno da Escola Estadual Nathércia Pompeo dos Santos, Daniel dos Santos Pereira. Ele relatou uma situação onde teve que enfrentar o medo e tomar uma atitude de maturidade para ajudar seu pai.

 

“Eu falei sobre o acidente que meu pai teve quando se cortou com a moto-serra. Foi na perna e eu tive que tomar uma atitude rápida para ajudá-lo. Ali, naquele momento, ele dependia de mim e tive que controlar meu medo e tomar uma decisão rápida para salvar meu pai”, disse Daniel.

 

Vencedores

 

Os 10 melhores colocados este ano foram: em décimo, a aluna da escola Maria Leite, Paula Helena Simões Tejada, que recebeu um celular; em nono, a aluna da escola Clio Proença, Dalvani Gonçalves dos Santos, que recebeu um celular; em oitavo a aluna da escola Eutrópia Gomes Pedroso, Michele Gamarra Pinto, que recebeu um celular; em sétimo, a aluna da escola Isabel Corrêa de Oliveira, Clarissa Lorayne da Silva Nascimento, que recebeu uma bicicleta; em sexto, a aluna da escola Dom Bosco, Beatriz Alves da Silva, que recebeu um bicicleta.

 

O quinto lugar ficou com o aluno da escola Nathércia Pompeo dos Santos, Lucas França de Angelo, que recebeu uma bicicleta; em quarto, o aluno da escola Dom Bosco, Daniel Taborga Sávio, que recebeu uma bicicleta; em terceiro, o aluno da escola Izabel Corrêa de Oliveira, Antony Felipe Correa Malheiros de Souza, que recebeu uma bicicleta; em segundo, o aluno da escola Delcídio do Amaral, Bruno Henrique Rodrigues Dias Pessoa, que recebeu um playstation 3, e em primeiro lugar, o aluno da escola Nathércia Pompeo dos Santos, Daniel dos Santos Pereira, que recebeu um playstation 3 com fone.