Judiciário conquista torneio que reuniu equipes das Forças de Segurança

Promovida pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Coordenadoria Municipal de Segurança Pública, da Agetrat e da Fundação de Esportes 9Funec), a 1ª Copa União reuniu 12 equipes que representaram a Marinha, o Exército, Aeronáutica, Polícia Federal, Promotoria Estadual, o Judiciário, Polícia Militar, Polícia Civil, Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), Guarda Municipal de Corumbá, Guarda Municipal de Ladário e o Corpo de Bombeiros.

 

O campeonato começou no dia 18 de agosto e terminou na noite da última quarta-feira, 24 de setembro. A decisão foi realizada no campo da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), onde também foi promovida uma confraternização entre os atletas.  “É uma satisfação ver a integração entre as Forças de Segurança promovida pela prática esportiva”, afirmou o prefeito Paulo Duarte durante a entrega das medalhas e troféus aos vencedores.

 

“Sou um apaixonado pelo futebol. O esporte sempre foi muito importante em minha vida e me ajudou até profissionalmente, no primeiro emprego que tive ainda aos 16 anos, quando acabei promovido porque, além de bom funcionário, sabia jogar bola. Sei que o futebol tem essa capacidade de fortalecer laços e fazer amizades. E Corumbá precisa dessa integração para, juntos, cada um em sua área de atuação, trabalharmos por uma cidade cada vez melhor”, completou o prefeito.

 

“Estávamos tentando promover esse encontro há bastante tempo, mas nunca conseguíamos conciliar as agendas dos participantes. Até que dessa vez deu certo e resultou nesse sucesso todo”, afirmou o coordenador de Segurança de Corumbá, Fernando Jorge Castro de Lucena. “O mais importante, sem dúvida, foi essa integração entre os vários órgãos e profissionais que atuam na cidade”, reforçou.

 

Na final, o Judiciário venceu a Marinha por 3 a 2, gols de Emerson Ricardo, Felipe Lara e Alexandre, contra. Ezequiel e Fabiano Alves fizeram os gols do 6º Distrito Naval. Na disputa pelo terceiro lugar, a Agetrat derrotou o Exército por 3 a 1. Os agentes de trânsito Pereira e Seizer e o advogado Jovan Temeljkovitch marcaram os gols da vitória. Jovan também foi o autor do gol eleito como o mais bonito do torneio, juntamente com Ronaldo, da Polícia Militar.

 

A Promotoria foi a equipe mais disciplinada, com apenas um cartão amarelo em toda a disputa. O time mais ofensivo foi o Judiciário, com 25 gols feitos só na fase classificatória. A equipe ainda teve o atleta João Lucas Almeida eleito como a revelação da Copa. Davi, do Exército, recebeu uma medalha por ser o jogador mais experiente em campo dentre todas as partidas.

 

O goleiro menos vazado foi Lincon Roberto, da Agetrat. Gleidison Malta, da Polícia Federal, foi o artilheiro com 9 gols. O árbitro Sandro Felipe e o coordenador geral do evento, Jeferson Braga, também foram homenageados durante a cerimônia de encerramento. O diretor-presidente da Fundação de Esportes (Funec), Elvécio Zequetto, a diretora-presidente da Agetrat, Silvana Ricco, a diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente, Luciene Deová, e o comandante da Guarda Municipal, Danilo Vargas Júnior, participaram do evento.