Galileo mudou visual do centro histórico; é Corumbá valorizando seu patrimônio

O antigo prédio do Hotel Galileo está de cara nova com a restauração que a Prefeitura de Corumbá está realizando. E será de lá que a Fundação do Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico vai comandar a recuperação dos prédios e praças históricas da cidade: a antiga prefeitura, Hotel Internacional, Casa do Artesão, Prédio da Mista, Instituto Luiz de Albuquerque, Igreja da Candelária, entre outros.

 

O trabalho é árduo e, para isso, a Prefeitura está tendo apoio do Governo Federal, por meio do PAC das Cidades Históricas. A entrega da obra está programada para outubro e integra as comemorações dos 236 anos de fundação de Corumbá.

 

Hoje, a fachada do novo Galileo já chama a atenção de quem passa pelo centro histórico de Corumbá e até mesmo de quem está navegando pelo Rio Paraguai, de onde se tem uma visão privilegiada da estrutura atual. Isto se deve à pintura da parte externa, resultado de uma parceria entre a Prefeitura, a Tintas Coral e a loja de tintas Nossa Senhora Aparecida. A ação permitiu renovar as cores do centenário prédio construído em 1.907. A Casa Massa Barro, no Bairro da Cervejaria, também recebeu o mesmo benefício.

 

Internacional

 

Hoje, quem passa pelo centro de Corumbá já pode ter noção de como ficarão os prédios históricos da cidade. A fachada do antigo Hotel Galileo mudou. E em breve, outros seguirão o mesmo caminho. Um deles é o Hotel Internacional localizado ao lado do Galileo, ainda isolado por tapume e com uma antiga pintura feita anos atrás, para dar um ar diferente àquela região central da cidade.

 

O Hotel Internacional faz parte de um pacote de obras programadas pela Prefeitura, por meio do PAC das Cidades Históricas. Esta entre os projetos aprovados pelo Governo Federal com investimentos de R$ 19,6 milhões que serão aplicados na restauração e requalificação de prédios e equipamentos históricos, localizados na área tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional, e de entorno.

 

Trata-se de uma edificação em estilo eclético que, após restaurado, dará maior brilho ao conjunto arquitetônico existente na Frei mariano com a Avenida General Rondon. Seu estado de conservação é crítico, pois não sofreu nenhuma recuperação até hoje.

 

A proposta da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico é restaurar a edificação e dotá-la de elementos necessários para abrigar algumas fundações ou secretarias municipais, facilitando o acesso da população a serviços públicos essenciais.

 

O objetivo é executar esta e as outras obras previstas pelo PAC das Cidades Históricas, até o final de 2015. Corumbá foi a única cidade do Mato Grosso do Sul e uma das 44 do Brasil contemplada pelo programa do Governo Federal que vai permitir revitalizar seu patrimônio histórico.

 

Além do Hotel Internacional, o PAC das Cidades Históricas vai contemplar também os prédios da antiga Prefeitura Municipal, do antigo Presídio – Casa do Artesão, Casarão da Comissão Mista, Instituto Luiz de Albuquerque (ILA), Igreja Nossa Senhora da Candelária, além do antigo mercadão, todos restauração.

 

Junto com o antigo mercadão, está a requalificação da Praça do Uruguai, localizada ao lado. Além disso, os projetos de requalificação atenderão também as praças da República e da Independência. O décimo projeto é a ligação da parte alta e parte baixa da cidade, com implantação de passarela (projeto de acessibilidade).