Em 2014, Centro Dom Bosco está formando mais de 1,8 mil trabalhadores

Tratar o trabalhador corumbaense com respeito, oferecendo-lhes todas as condições necessárias para ser inserido no mercado de trabalho local. É com este pensamento que a Prefeitura Municipal está, cada vez mais, intensificando seus cursos de qualificação profissional, além de outras ferramentas, para suprir uma lacuna que, até bem pouco tempo atrás, era um entrave quase que total na cidade: a ausência de mão de obra especializada.

 

Hoje, a realidade é outra. As empresas corumbaenses estão tendo a oportunidade de encontrar aqui mesmo, profissionais capacitados para bem desenvolver funções que, no passado, só eram supridas com importações. E um dos grandes responsáveis por tudo isto está sendo o Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco, mantido pela Prefeitura em parceria com a Missão Salesiana.

 

Para se ter uma ideia, a instituição iniciou o segundo semestre com 584 novos alunos distribuídos em 10 cursos: Informática Básico, Libras Básico, Cabeleireiro, Manicura e Pedicura, Montador de Móveis, Serigrafia, Libras Intermediário, Panificação e Confeitaria, Montagem e Manutenção de Micro e Assistente Administrativo.

 

Com estes novos alunos, o Centro Dom Bosco vai capacitar até o final do ano, mais de 1,9 mil trabalhadores nas mais diferentes áreas. E eles não estão sendo preparados somente para busca de vagas nas empresas corumbaenses. Estão também se tornando microempreendedores individuais, com apoio das secretarias de Assistência Social e Cidadania, responsável pelos cursos, e de Indústria e Comércio, por meio do programa Negócio Legal, que permite ao trabalhador deixar a informalidade.

 

O Centro Dom Bosco funciona na Rua 13 de Junho, 2606, no Bairro Dom Bosco. Os cursos no local estão sob coordenação da Gerência do Trabalho e de Capacitação Profissional da Casa da Cidadania que disponibiliza ainda o Banco de Oportunidades Municipal (BOM-Pantanal), que permite cadastrar currículos dos trabalhadores, facilitando seu ingresso ao mercado de trabalho.

 

Pronatec

 

Outra ferramenta importante está sendo o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Governo Federal e executado na cidade pela Prefeitura, em parceria com o Sistema “S” (SENAI, SENAC e SENAR). Em 2014 foram abertas 1.645 vagas e os cursos visam ampliar as possibilidades de inserção digna no mercado formal de trabalho.