Com recursos tecnológicos, crianças conhecem a história de Corumbá

A tecnologia tem sido uma ferramenta importante no aprendizado das crianças da Rede Municipal de Ensino (Reme) de Corumbá. Agora, em setembro, mês em que a cidade comemora seus 236 anos de fundação, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, está inovando e ampliando as ações de forma a atender os alunos em suas próprias unidades de ensino.

 

O trabalho está sendo desenvolvido pelo Núcleo de Tecnologia Itinerante (NTEC Itinerante), que está permitindo aos alunos do 4º ao 6º ano, maiores conhecimentos sobre a história de Corumbá, com o uso da tecnologia.

 

O programa vai atingir as 23 escolas urbanas e rurais do Município. Faz parte de um projeto idealizado pelo NTEC Itinerante, que está trabalhando de forma interativa e prazerosa os mais diferentes temas durante todo o ano. Agora, em setembro, o assunto em pauta é Corumbá.

 

De acordo com a gestora do NTEC, Claudia Couto de Barros, a ideia é fazer com que os professores tenham maior conhecimento de outras ferramentas para ministrar aulas. “Realizamos essas apresentações nas escolas porque queremos mostrar outra maneira de ensinar, com apoio dos meios tecnológicos. Queremos mostrar que os alunos se divertem e aprendem muito mais dessa maneira. Além disso, estamos oferecendo esse tipo de capacitação para os professores e queremos que todos comecem a se reciclar”, informou.

 

A aula é totalmente interativa. Uma das escolas atendidas esta semana foi a Izabel Corrêa. Com o uso de recursos tecnológicos, os alunos apreenderam sobre os pontos turísticos, as comidas típicas, a cultura, enfim, um pouco mais da história de Corumbá.

 

Para o pequeno Patrick Eduardo Gonçalves de Souza, 9 anos, que estuda a 4ª série, a aula foi uma apresentação gratificante. “Essa maneira de aprender é muito mais legal e menos cansativa”, confidenciou.

 

Além dos alunos, os professores também participam das apresentações e se encantam como é repassado o conteúdo. “A aula com imagens e outros tipos de recursos, se torna mais interessantes para os alunos e isso faz com que eles aprendam mais. Até a gente aprende e relembra muita coisa”, disse Eliete Aquino de Oliveira da Silva, professora do 4º ano.

 

A secretária de Educação, Roseane Limoeiro, comentou que, durante este mês de setembro, todas as escolas da Rede Municipal de Ensino serão atendidas com o projeto. “É importante. Vai auxiliar no aprendizado das crianças e, de forma mais prazerosa, eles vão aprender, conhecer um pouco mais da história da nossa cidade”, informou.