Prefeitura realiza 1º Fórum Intersetorial Infanto Juvenil de Corumbá

A Prefeitura, por intermédio das secretarias de Educação, Assistência Social e Saúde, realizou na tarde dessa terça-feira, 19, a abertura do 1º Fórum Intersetorial Infanto Juvenil de Corumbá, voltado para alunos de 6ª à 9ª série, de cinco escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme). O encontro foi realizado na escola Municipal José de Souza Damy.

 

 

 

O objetivo do seminário é o estudo e a discussão de temas referentes à vida do jovem,

realizando dessa forma um trabalho de orientação preventiva. Os temas debatidos foram: Violência e vida do jovem; Juventude e responsabilidade ambiental; Sexualidade e responsabilidade.

 

 

Durante as últimas semanas, cada uma das escolas desenvolveu o projeto por meio de

pesquisas, leituras, debates e outras atividades, culminando na realização do seminário.  Para a aluna Iasmin Silva Penado, de 13 anos, trabalhar com o tema “Sexualidade e Responsabilidade” foi muito importante. “Esse assunto sempre rola em nossas rodinhas de conversa, e saber informar o que é certo e errado, nos ajuda a evitar uma gravidez indesejada, uma DST, entre outras coisas”, destacou com a estudante do 8º ano B.

 

 

 

Durante a abertura do Fórum, a secretária de Educação, Roseane Limoeiro, enfatizou que o trabalho é uma contribuição para o dia a dia e formação dos alunos. “O objetivo desse evento é promover reflexões e discussões de técnicos, professores, equipes pedagógicas e alunos, com a finalidade de sistematizar a ação pedagógica da escola no trato de questões da sexualidade, entre outros temas”, observou Roseane.

 

 

Roseane Limoeiro ainda destaca que a idealização do trabalho partiu do prefeito Paulo Duarte. “Era um sonho do nosso prefeito. Trabalhar de forma integrada, desenvolvendo um trabalho intersetorial, é enriquecedor para o desenvolvimento de Corumbá”, completou.

 

A secretária de Saúde, Dinaci Ranzi, falou aos alunos presentes na abertura, lembrando sobre a importância e o desafio de formar cidadãos e cidadãs. “Este é um projeto desafiador e está nas mãos de vocês. Nos ajudem nessa missão e sejam exemplos para as demais escolas”, comentou Dinaci.

 

 

Para a diretora da instituição, Márcia Amaral, é muito gratificante receber um trabalho assim na escola. “ É muito bom poder colocar em prática todos os ensinamentos que trabalhamos desde o início com os nossos alunos”, declarou, acrescentando que eles são as sementes que irão germinar.

 

 O Fórum tem cunho permanente e representa as 34 escolas da Rede Municipal de Ensino.