Prefeitura busca potencializar ações integradas no combate às drogas

Em uma das suas últimas ações antes de se licenciar do cargo, o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, visitou a Igreja Peniel, na área central da cidade, e o Desafio Jovem Peniel (Casa de Recuperação), localizado no bairro Aeroporto, onde a entidade desenvolve trabalho com dependentes químicos.

 

Acompanhado do pastor Márcio Demeval da Fonseca Filho e do presidente do Conselho Municipal Antidrogas e Assessor de Relações Institucionais da Prefeitura Municipal de Corumbá, Lamartine Figueiredo, o prefeito conheceu a infraestrutura da Casa de Recuperação e os internos com quem conversou e deixou algumas palavras de perseverança e luta.

 

“Na época de escola, as drogas me foram ofertadas por pessoas com quem dividia quarto em Campo Grande, porém nunca tive a curiosidade de provar. A gente sabe que a situação que vocês se encontravam pode acontecer com qualquer um e sair dela só depende de vocês mesmos, não é fácil, mas é preciso querer”, falou o prefeito com os internos, dentre os quais, o mais jovem tem apenas 16 anos de idade.

 

Duarte conheceu a biblioteca, o alojamento, a cozinha e demais dependências da Casa de Recuperação, vislumbrando possíveis parcerias que a Prefeitura poderá estabelecer com o projeto religioso e social numa forma de potencializar ações ao estabelecer trabalhos conjuntos.

 

“O que a gente está buscando é integrar as ações. O consumo de drogas, a dependência química são problemas graves que têm que ser combatido. As instituições desenvolvem ações, mas é preciso interagem ou se complementam”, comentou ao afirmar que a dependência química atinge, numa espécie de epidemia, o país inteiro, não sendo exclusividade apenas de cidades fronteiriças como é o caso de Corumbá.

 

O pastor Márcio, que responde pela direção da Casa de Recuperação, esclarece que as parcerias para o trabalho de resgate dos dependentes químicos, que já acontecem há 13 anos em Corumbá com a instituição, sempre necessita de apoio.

 

“A Peniel não vem estabelecer uma competição com Corumbá, a gente vem apoiar o município contra essa epidemia, que é o uso e o abuso das drogas. Cada caso que aparece é uma situação diferente. Temos questões alimentares, financeiras, de reforma de ambientes, enfim, é uma série de coisas que não nos impede de realizar o nosso trabalho, porém a gente espera sempre contar com o apoio daqueles que se sensibilizem, fazendo conhecer nossa ação”, avaliou o religioso que usa seu exemplo de vitória sobre as drogas para ajudar os internos que, inclusive, também são de outros países, como o vizinho, Bolívia.

 

Wilson Arteago, natural da cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra, está há 8 anos sem consumir entorpecentes e é uma das pessoas que ajudam os mais jovens a superar a vida de sofrimento e desorientação trazida pelo consumo de drogas.

 

“Aos 14 anos de idade, quando estudava, conheci uns amigos que me convidaram a fumar maconha e entrei no mundo das drogas em idade tenra. Estive envolvido no mundo das drogas cerca de 10 anos e também na delinquência com a qual minha vida não tinha sentido. Era muito triste até que um dia, graças a Deus, tomei uma decisão muito importante que marcou minha vida. Fui a uma casa de recuperação e minha vida, hoje, está toda transformada”, garantiu.

 

Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho da Igreja Peniel e sua Casa de Recuperação pode procurar o escritório da instituição localizado na rua 13 de Junho, 1407, área central da cidade, em horário comercial. Também há possibilidade de contato pelo telefone (67) 3232-9911 e (67) 9911-4690.