Com Seminário, Corumbá se antecipa em discussões sobre Atenção Básica

Corumbá efetivou mais uma ação pioneira na área da Saúde ao realizar o “I Seminário em Atenção Básica” com foco na saúde mental e no pré-natal. O evento foi aberto na manhã desta quinta-feira, 07 de agosto, na unidade do SESC Corumbá, onde além de todas as vertentes do serviço de saúde básica do município estiveram presentes representantes da Secretaria Estadual de Saúde e do Ministério da Saúde.

 

Logo na abertura, um momento que emocionou o público presente: a apresentação do Coral do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial). Vozes masculinas e femininas que em uníssono entoaram a “Balada do Louco”, provando que, com o correto tratamento e afetuosidade, os resultados na aquisição de uma saúde mental são perfeitamente possíveis.

 

Na busca por uma saúde pública de qualidade, a secretária de Saúde de Corumbá, Dinaci Ranzi, destacou que os momentos de reflexão são de profunda importância para os resultados almejados. “De que forma vamos ter promoção à Saúde se a gente não sentar e discutir com nossos trabalhadores? Como é que vamos ter crianças saudáveis se não discutirmos o pré-natal? Como é que vamos ter sorrisos lindos se não discutirmos a saúde bucal?”, disse a gestora local ao comentar sobre o papel que Corumbá desempenha em toda região. “Estamos num processo de fazer e levar saúde a todo nossos cidadãos e também para Ladário, para qual nós somos referência, além dos bolivianos que são atendidos em nosso sistema com toda dignidade”, falou.

 

Representante do Ministério da Saúde, Taia Mota, reforçou o discurso da necessidade constante de reflexão sobre as práticas em saúde.  “Falar em Saúde Mental é garantir que essas pessoas possam estar no território, circular, ter sua autonomia. É importante estarmos juntos para somarmos com aquilo que a gente vem discutindo no Ministério e vocês aplicarem no cotidiano de vocês. O SUS (Sistema único de Saúde) que dá certo é aquele que pode sempre fazer essas conversas, pensar e repensar o seu processo de trabalho porque o cuidado em Saúde é sempre dinâmico”, avaliou.

 

Passo à frente


Representante da Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul, Fernanda Rodrigues, elogiou a atitude do Município em se adiantar nas discussões sobre temáticas de Saúde Mental na Atenção Básica, o que deve acontecer em todo estado, apenas a partir do próximo ano, conforme ela afirmou.

 

“Corumbá está fazendo a diferença na Saúde Básica em todo Estado, pois é o primeiro município que fez esse chamamento aos profissionais para discutir a saúde mental na Atenção Básica, que é uma grande dificuldade”, disse ao explicar as vantagens de Corumbá se antecipar aos debates.

 

“Com esse seminário vocês vão se sentir muito mais instrumentalizados na prática e cuidado para um paciente com problema ou transtorno mental dentro do território e vir a somar com essa rede ampla que está sendo criada em Corumbá”, disse.

 

Presente ao evento, a prefeita em exercício e diretora-presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, Márcia Rolon, lembrou os desafios naturais que a cidade tem por ser um pólo regional e também da atuação fundamental dos profissionais que estão em contato direto com o cidadão.

 

Que esse seminário seja um momento de discussão, que tenha palavra, escuta porque são vocês que vão fazer acontecer, nossas metas serem alcançadas, então queremos muito acreditar que isso vai melhorar cada vez mais. Corumbá tem um diferencial maior de ser fronteira, e consequentemente, a saúde mental está aqui colocada, a gravidez na adolescência tem altos índices e o pré-natal tem que ser intensificado. Temos muito a fazer ainda porque as pessoas estão sendo colocadas em primeiro lugar no nosso governo”, falou.

 

O I Seminário em Atenção Básica segue até esta sexta-feira, 08 de agosto, com palestras e debates nos períodos da manhã e da tarde.