Projeto de Férias da Reme integra 11 centros de educação infantil na cidade

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Educação, acredita que é no ato de brincar que a criança estabelece os diferentes vínculos. E por isso, tem proporcionado pela segunda vez o projeto de férias de julho, que divide 11 Centros de Educação Infantil em três Polos, atendendo alunos de seis meses a três anos de idade. A colônia de férias, que teve início no último dia 07, tem transformado a vida dos pequenos no mundo do imaginário, da fantasia, do eterno faz de conta.

 

Com brincadeiras aparentemente simples, mas ricas em fontes de estímulo ao desenvolvimento cognitivo, social e afetivo da criança, um grupo de professores da Reme, convocados especialmente para o projeto, tem trabalhado de forma criativa situações que possibilitam uma maior interação entre as crianças.  “A partir do brincar, realizamos atividades de motricidade com eles, que é algo importante em todos os níveis da Educação Infantil, sendo fundamental no processo da escrita”, explicou o professor de educação física, Thirso Alvarenga.

 

Pela segunda vez nessa nomenclatura de Pólos, Alvarenga acredita que ficou mais fácil para as equipes se planejarem. “Antes, todos os CEIs abriam nesse período para receber as crianças, sem possibilitar um intercâmbio entre as mesmas, pois cada um desenvolvia seu trabalho separadamente”, disse. “Hoje, com uma equipe multidisciplinar, trabalhamos de forma padronizada, possibilitando que os pais e responsáveis das crianças, conheçam o trabalho que a Reme desenvolve em cada Centro de Educação Infantil”, observou.

 

Para a diretora do CEI Inocência Cambará, Juditth Rodrigues, trabalhar a integração foi uma experiência muito gratificante. “Nós fomos a primeira unidade de ensino a receber o projeto, e com muita tranquilidade e momentos de lazer entre as crianças, os pais e responsáveis tiveram a oportunidade de conhecer o nosso trabalho e, acima de tudo, confiar que seu filho foi muito bem cuidado”, destacou Judith, explicando que a partir da semana que vem a colônia segue em outro CEI, com a mesma qualidade e dedicação, priorizando o intercâmbio entre as crianças.

 

Resultado

 

Para a dona de casa Luzimari Pinho Cabral, mamãe do Taylor, matriculado no Centro de Educação Infantil Maria Candelária, a experiência de conhecer outra instituição, foi bem positiva. “No começo, senti um pouco de receio em deixa-lo nos cuidados de outras “tias” e conhecendo outras crianças. Mas logo nos primeiros dias, percebi a atenção e dedicação dessas professoras com o meu filho, além do que, tive a certeza que o trabalho é padronizado e a mesma qualidade que encontro na unidade de ensino que meu filho estuda, receberei em qualquer outra do Município”, declarou Luzimari, que participou do Polo desenvolvido no CEI Inocência Cambará.

 

Mostrando que o discurso e a prática têm caminhado juntos, a secretária de Educação, Roseane Limoeiro, reforçou que toda equipe pedagógica tem proporcionado um trabalhado diferenciado para atender a necessidade da comunidade. “Oferecemos um serviço de qualidade e respeitamos esse momento tão importante para criança, que é o interagir”, disse. “Nesse período tão bem pensado e preparado para esses pequenos, nossa equipe permite uma enriquecedora troca de experiência entre eles”, acrescentou.

 

“Eu estou cada vez mais encantada com desenvolvimento das nossas crianças”, completou a secretária de Educação, acrescentando que o projeto significa um ganho tanto para as crianças, como para as mães que trabalham e não têm com quem deixar os filhos.

 

Participam como Polos do projeto Férias de Julho da Reme, os Centros de Educação Infantil Inocência Cambara, Ana Gonçalves do Nascimento, Maria Candelária e Layda Menacho, localizado no CEI Inocência Cambará.