Prefeitura atende três bairros de Corumbá esta semana com coleta setorizada

Três bairros de Corumbá estão sendo atendidos esta semana com a coleta setorizada, serviço que é desenvolvido na área compreendida entre a rede ferroviária e região ribeirinha. O trabalho começou na manhã dessa segunda-feira, 21, nos bairros Dom Bosco, Cervejaria e Arthur Marinho.

 

A coleta é desenvolvida pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, por meio da Superintendência de Serviços Públicos, em parceria com a Fundação de Meio Ambiente do Pantanal. A retirada do material é de responsabilidade da empresa responsável que faz a coleta de lixo e serviços de limpeza da área urbana da cidade, a Unipav.

 

É exclusiva para retirada de material de origem vegetal, como resto de poda doméstica, plantas, gramas e outros tipos, mantendo a limpeza dos passeios públicos da área urbana da cidade. Outro tipo de lixo é coletado pela equipe específica que faz este serviço na cidade, enquanto entulho é preciso fazer uso das conhecidas caçambas.

 

Para facilitar a realização dos serviços, quem precisar fazer poda de árvores ou mesmo limpeza em seus terrenos, jardins e outros setores, deve colocar todo o material (desde que de origem vegetal) nas calçadas, para que seja recolhido pela equipe responsável.

 

Conforme o cronograma estabelecido pela Prefeitura, na primeira semana de cada mês, a coleta é realizada na parte alta do centro, entre a América e a Rede Ferroviária, da Edu Rocha e Albuquerque; na segunda semana são atendidos os bairros Maria Leite e Universitário, inclusive Vila Mamona; na terceira, a parte baixa do centro, da América até o Rio Paraguai, além dos bairros Borrowiski, Beira Rio e Cervejaria. Na quarta semana de cada mês a coleta é desenvolvida no Dom Bosco, Generoso e Arthur Marinho.

 

O programa contribui para limpeza das ruas e calçadas, evitando acúmulo de resíduos que acabam prejudicando o trânsito de veículos e pedestres, além de contribuir para redução de entupimento de galerias de águas pluviais. É uma importante ferramenta também para redução de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

 

Todo tipo de material de origem vegetal deve ser depositado pelos moradores nas calçadas, em frente suas residências, para que seja coletado pela equipe responsável pelos serviços. É importante se atentar para o cronograma do programa, evitando o descarte fora do período de atendimento de cada setor.

 

Em caso de poda doméstica, o morador deverá primeiro entrar em contato com a Fundação de Meio Ambiente do Pantanal e solicitar autorização. Qualquer intervenção deste tipo, sem anuência dos órgãos ambientais é considerado crime. A Fundação funciona na Rua 13 de Junho, 457, entre a Sete de Setembro e Major Gama. Maiores informações podem ser obtidas pelos telefones 3907 – 5342 e 3907 – 5385.