Dia da Mulher Negra é marcado por debates na luta contra o racismo

O IV Encontro da Mulher Negra do Pantanal, realizado na tarde dessa sexta-feira, 25, trouxe visibilidade e reconhecimento para a inserção de temáticas voltadas para o enfrentamento ao racismo. Realizado no auditório da unidade III da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campus Pantanal, localizada no Porto Geral, o evento faz parte das celebrações pelo Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha.

 

Realizado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, com coordenação da Gerência de Politicas para a Igualdade Racial, o encontro foi aberto pela secretária Andrea Ulle, responsável pela pasta, e que na ocasião, representou o prefeito Paulo Duarte.

 

“A Gerência de Políticas para a Igualdade Racial estando dentro da Secretaria de Assistência Social e Cidadania garante o acesso dessa população específica, não só os negros, mas os indígenas também, à garantia dos direitos”, destacou Ulle, observando que, a discussão ainda amplia parcerias e dar visibilidade à luta, as ações, promoções, valorização e debate sobre a identidade da mulher negra brasileira.

 

Presente ao encontro, a secretária de Educação, Roseane Limoeiro, elencou ações educativas e afirmativas que os professores da Rede Municipal de Ensino (Reme) executam em suas práticas pedagógica para combater o preconceito racial nas unidades de ensino.

 

Palestras

A programação contou com uma palestra da Doutora em Educação, Maria José de Jesus Alves Cordeiro (Maju), sobre o tema “Educação e Diversidade: Políticas Afirmativas”. Maju conduziu o debate falando sobre “conceito de diversidade” e o “orgulho de ser negra” e o contexto de políticas públicas.

 

“É importante que lutemos por políticas de Estado, para que assim, se tornem permanentes”, enfatizou. Ainda segundo Maria José, a educação é palco para toda mudança que queremos.