Sesc Corumbá apresenta ‘O Gato do Rabino’ com felino falante e assanhado

O CineSesc apresenta nesta terça-feira, 24, o longa “O Gato do Rabino”, no auditório do Sesc Corumbá. A exibição é gratuita e começa às 19h30 e tem classificação 10 anos. O CineSesc funciona no Centro de Convenções que é administrado pelo Sesc Corumbá, como parte de um convênio firmado com a Prefeitura Municipal.

 

Um tempo e um lugar em que os animais falavam e as pessoas de todas as religiões conviviam sem sustos, a Argélia dos anos 1920/30 é o cenário da esperta animação franco-austríaca “O gato do rabino”, em que o cineasta e quadrinhista Joann Sfar acumula as funções de corroteirista e codiretor, a partir de sua própria história em quadrinhos.

 

A animação, que venceu o César da categoria em 2011, além do Grande Prêmio do Festival de Annecy, circula em versões convencionais e 3D, dubladas e legendadas.

 

Dividindo a direção com Antoine Delesvaux e o roteiro com Sandrina Jardel, Sfar – diretor de “Gainsbourg – O homem que amava as mulheres” – conduz uma história divertida a partir do gato em questão, que nem tem nome, mas ao qual não falta personalidade.

 

O gato (voz de François Morel) pertence ao rabino Sfar (Maurice Bénichou), é culto e refinado, embora mantenha intactos os instintos da espécie – que o levam a não respeitar a integridade física do papagaio da família, depois do que subitamente o felino começa a falar.

 

Descolado e assanhado também, o gato é apaixonado por sua dona, a bela Zlabya (Hafsia Herzi), a filha do rabino. Lê para ela grandes obras da literatura mundial, como “O vermelho e o negro”, de Stendhal, e faz de tudo para não sair de perto dela.

 

O CineSesc apresenta curtas, documentários e filmes de ficção, sempre com exibições gratuitas, com objetivo de fomentar a cultura cinematográfica em Corumbá.

 

Serviço

 

Sesc Corumbá está localizado na rua Domingos Sahib, 570, no Porto Geral. Telefone – 3232-3130.