Segunda noite do Banho de São João foi de alegria na orla do Porto Geral

Muita alegria na segunda noite da mais popular das festas corumbaenses: o Arraial do Banho de São João, promovido pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação de Cultura. Nesse domingo, 22, uma multidão conferiu um grande espetáculo que contou com apresentação de oito quadrilhas juninas, que se apresentaram no palco montado na ferradura do Porto Geral. A estimativa da Guarda Municipal é que 15 mil pessoas passaram pela orla durante a noite.

 

 

 

Com animação e muito colorido, os dançarinos recontaram estórias do interior de uma forma irreverente, com roupas coloridas e muita música. De forma teatralizada, todos os grupos fizeram o tradicional casamento matuto e evoluiu a apresentação como uma grande brincadeira infantil no arraial com muito forró e folia.

 

 

 

Sob a avaliação dos jurados, o primeiro lugar ficou com o grupo Explode Coração, formada por alunos da Escola Municipal Cássio Leite de Barros e moradores do bairro da Nova Corumbá. Já em segundo, ficou o grupo Rosseiros do Ângela, campeã do ano passado. E em terceiro lugar, o grupo Bonde do Arraso, da escola Natércia Pompeu dos Santos, do bairro da Nova Corumbá.

 

 

 

O prefeito Paulo Duarte presenciou a segunda noite do arraial do Banho de São João. E ao lado da primeira-dama e diretora-presidente da Fundação do Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico, Maria Clara Scardini, entregou troféus aos grupos vencedores da concurso de quadrilhas juninas.

 

 

 

 

Para a vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Cultura, Márcia Rolon, as quadrilhas juninas resgatam a ingenuidade do interior. “É muito lindo ver os grupos se preparando e a ingenuidade das crianças ao participar dessa grande festa, que é o Arraial do Banho de São João”, comentou Márcia.

 

 

 A noite ainda contou com um brilho especial com o show da dupla Sá e Guarabyra, no palco montado na ferradura do Porto Geral. A dupla, que alcançou o grande público do país nas décadas de 70 e 80, com as canções “Dona”, “Sobradinho” e “Espanhola”, levou o público de 15 mil pessoas ao saudosismo.